Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Clínica Médica / FDA alerta para o “desafio do Benadryl”
Pais devem ficar atentos aos perigos do “desafio do Benadryl” em redes sociais

FDA alerta para o “desafio do Benadryl”

Esse conteúdo é exclusivo para
usuários do Portal PEBMED.

Tenha acesso ilimitado a todos os artigos, quizzes e casos clínicos do Portal PEBMED.

Faça seu login ou inscreva-se gratuitamente!

Amplamente divulgado na rede social Tik Tok, o “desafio do Benadryl” tem instigado adolescentes a consumirem altas doses deste fármaco. Recentemente, uma jovem americana de 15 anos, proveniente de Oklahoma, foi a óbito, após filmar-se com alucinações por overdose desse medicamento. Há relatos também de outros adolescentes que sobreviveram, mas deram entrada em departamentos de Emergência pelo mesmo motivo.

Leia também: Intoxicação por medicamentos em crianças: quais as principais situações?

O medicamento

O Benadryl®, cujo princípio ativo é o anticolinérgico difenidramina (muito usado para aliviar temporariamente os sintomas decorrentes de alergias respiratórias ou resfriado comum, como coriza e espirros) causa toxicidade dose-dependente. As manifestações clínicas no sistema nervoso central (SNC) decorrentes de intoxicação anticolinérgica incluem agitação, ataxia, confusão, delirium, alucinações, convulsões (embora raras) e coma. Outras manifestações em outros sistemas incluem: midríase, taquicardia, hipertensão, náuseas, vômitos, diminuição de peristalse, pele ruborizada, boca seca, hipertermia, movimentos mioclônicos espasmódicos e coreoatetose (que podem levar à rabdomiólise), retenção urinária e, mais raramente, insuficiência renal por rabdomiólise.

Diante dessa situação, o órgão americano Food and Drug Administration (FDA) emitiu, em 24 de setembro de 2020, uma nota alertando sobre as complicações decorrentes do uso de altas doses da difenidramina. O FDA relata estar investigando esses relatos e conduzindo uma revisão para determinar se casos adicionais foram noticiados e que atualizará o público assim que concluírem essa revisão ou tiverem mais informações. Além disso, refere ter entrado em contato com a rede social TikTok, incentivando-a fortemente a remover os vídeos da plataforma e estarem atentos para remover vídeos adicionais que possam ser postados.

Cuidados extras

O FDA destaca que os profissionais de saúde devem estar cientes de que o “desafio do Benadryl” está ocorrendo entre os adolescentes e alertar seus cuidadores sobre isso, além de pensar na possibilidade de overdose de difenidramina em um paciente com clínica de intoxicação exógena. Além disso, recomenda que os consumidores, pais e cuidadores devem armazenar o medicamento difenidramina e todos os outros medicamentos de venda livre ou com retenção de receita longe e fora do alcance e da visão das crianças, mantendo-os guardados em locais trancados, para evitar intoxicações acidentais por crianças e uso indevido por adolescentes, especialmente durante o isolamento social devido à pandemia de Covid-19.

Saiba mais: Intoxicação por dietilenoglicol em Minas: sexta morte é confirmada

No Brasil, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) disponibiliza, para população e para os profissionais de saúde, o Disque-Intoxicação (gratuito), cujo número é 0800-722-6001. O usuário recebe atendimento por uma das 36 unidades da Rede Nacional de Centros de Informação e Assistência Toxicológica (Renaciat).

Autor(a):

Referências bibliográficas:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.