Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Clínica Médica / Fusão dos métodos SOAP e ALICIA FREDUSAH na consulta médica
médico realizando consulta médica, explicando detalhes para a paciente mulher ao seu lado

Fusão dos métodos SOAP e ALICIA FREDUSAH na consulta médica

Acesse para ver o conteúdo
Esse conteúdo é exclusivo para usuários do Portal PEBMED.

Para continuar lendo, faça seu login ou inscreva-se gratuitamente.

Preencha os dados abaixo para completar seu cadastro.

Ao clicar em inscreva-se, você concorda em receber notícias e novidades da medicina por e-mail. Pensando no seu bem estar, a PEBMED se compromete a não usar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Inscreva-se ou

Seja bem vindo

Voltar para o portal

Para realizar-se uma boa consulta médica pode-se utilizar o excelente método SOAP, que auxilia na condução de cada caso. Método este disseminado em grande parte do país e utilizado por vários médicos que buscam uma melhor qualidade em suas práticas diárias.

Independente do tempo disponível e o utilizado, o SOAP contribui ao profissional na organização do pensamento clínico e agilização da abordagem adequada, aportando uma melhor qualidade à atuação.

Métodos para consulta médica

Recordando, o acrônimo SOAP divide a consulta em:

  1. Subjetivo = Onde o paciente descreve o que sucede, o motivo da consulta; e as impressões do médico.
  2. Objetivo = Onde o médico capta dados mais objetivos em exames físico e complementares.
  3. Avaliação = Analisa-se os dados coletados para a definição do problema.
  4. Plano = Traça-se possíveis novas avaliações, tratamentos, seguimento e prevenções.

Agora, existe também o acrônimo ALICIA FREDUSAH, utilizado amplamente no mundo hispano-hablante, ou seja, de língua espanhola, para poder coletar detalhadamente informações subjetivas trazidas pelo paciente e eventualmente eliminar perdas de informações importantes.

Leia também: Saiba como abordar o alcoolismo em uma consulta

O momento ideal de sua aplicação situa entre o Subjetivo e o Objetivo do SOAP, e destrincha cada queixa da seguinte forma:

  1. Aparição = Quando apareceu o sintoma principal? Agudo ou crônico?
  2. Localização = Anatomicamente, onde encontra-se a queixa? Universal, localizado?
  3. Irradiação = Para onde dissemina-se a queixa? Há variação de localização?
  4. Característica = À quê se assemelha? É lancinante, hipocorado, flácida, laxo? Algo o altera?
  5. Intensidade = Leve, moderada, intensa?
  6. Alívio = Têm alívio? Espontâneo ou trás medicação?
  7. Frequência = A cada quanto tempo recidiva?Anual, diário?
  8. Duração = Quando presente, quanto tempo dura a queixa? Minutos, horas?
  9. Sintomas Acompanhantes = O quê mais se apresenta? Quais demais queixas complementam a principal
  10. Horário = Hora aproximada de aparição dos sintomas.

Mais do autor: Fitoterápicos: uma arma que pode ser usada no campo

Logo, ao realizar a união dos métodos de abordagem na anamnese, obtêm-se uma melhor tática de investigação para desenvolvimento de uma consulta de excelência, podendo ser utilizada a qualquer momento.

Autor:

Referências bibliográficas:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.