Blog do Whitebook

Gota e Colchicina: cuidado na prescrição

Tempo de leitura: 3 min.

A conduta para uso da Colchicina no passado era de fazer o uso até o paciente ter diarreia. Atualmente, o medicamento não é mais usado dessa forma. Pelo contrário, a prescrição é feita com cautela devido ao seu potencial de toxicidade.

Continue a leitura e saiba mais sobre o uso da droga nos dias atuais!

Existem alguns pontos muitos importantes sobre a prescrição da Colchicina:

  1. A quantidade a ser usada pelo paciente.
  2. Os cuidados com quem tem alteração na função renal.
  3. Interação medicamentosa.

Atualmente, o indicado são 3 comprimidos do primeiro para o segundo dia, e depois 2 comprimidos por dia se a função renal da pessoa permitir.

diretriz do American College of Rheumatology de 2020 diz que para ter um menor risco de efeitos adversos, a Colchicina sendo o medicamento de escolha, é recomendada em baixas doses em vez de em altas doses.

Para quem tem alteração nos rins, o uso é limitado porque a eliminação do remédio é renal. A presença de doença renal crônica pode aumentar os níveis séricos da Colchicina, caso não ocorra o ajuste das doses, podendo causar toxicidade pela droga.

Já a interação medicamentosa pode acontecer com os inibidores do citocromo P450 ou da P-gp, como macrolídeos (Claritromicina, Azitromicina), Ciclosporina, Amiodarona e Quinidina, entre outras drogas.

Na conduta do Whitebook você encontra todas as contraindicações à Colchicina. 😉

Leia também: Qual é o impacto da gota globalmente?

No podcast do Whitebook, o Dr. Gustavo Balbi, reumatologisa e conteudista do aplicativo, falou sobre os exames laboratoriais que devem ser solicitados ao paciente com gota e tratamento.

Ouça o podcast completo aqui!

No quadro clínico diferenciam-se quatro estágios na história natural da doença por deposição de cristais de urato:

  • Hiperuricemia assintomática: antes de desenvolver a primeira crise aguda de gota, o paciente normalmente apresenta hiperuricemia assintomática por vários anos;
  • Artrite gotosa aguda: episódio agudo de gota caracterizado por dor monoarticular intensa, calor, rubor, edema e limitação funcional da articulação envolvida, mais comumente em membro inferior (primeira metatarsofalangiana ou joelho, porém não limitada a essas articulações);
  • Período intercrítico e artrite gotosa recorrente: período que se inicia após a crise aguda, estendendo-se até o episódio de crise seguinte. Inicialmente, o período intercrítico caracteriza-se por ser totalmente assintomático; no entanto, com a progressão da doença, podem ocorrer sintomas relacionados à lesão crônica das articulações (gota avançada);
  • Artrite gotosa avançada (gota tofácea crônica): caracterizada por coleções de sais de urato sólidos acompanhados por inflamação crônica, com destruição do tecido circunjacente. Tofos são comuns nas orelhas, em estruturas articulares, tendões ou bursas.

Acesse os conteúdos do Whitebook sobre o tema:

Gostou de saber mais sobre a Colchicina? Deixe seu comentário na caixa abaixo!

Coautor: Dr. Gustavo Balbi, reumatologista.

Até mais!

Compartilhar
Publicado por
Clara Bittencourt

Posts recentes

Mediastinite fibrosante: o que precisamos saber

A mediastinite fibrosante (MF) é uma doença rara, caracterizada pela proliferação de fibrose localmente invasiva…

10 horas atrás

Check-up Semanal: oseltamivir na prática clínica, infecção urinária na gestação e mais!

No check-up semanal de hoje, confira: oseltamivir na prática clínica, infecção urinária na gestação e…

11 horas atrás

Como aplicar uma evidência na prática: decisão médica compartilhada

A nova edição da Revista PEBMED abordará Medicina Baseada em Evidências. Aqui, comentamos sobre o uso…

12 horas atrás

Critérios para insuficiência hepática aguda pediátrica: Orientações baseadas a partir do painel PODIUM 

A insuficiência hepática aguda é uma síndrome complexa, grave e rara em crianças e apresenta…

14 horas atrás

Existe algum grupo de maior risco entre os pacientes com score de cálcio 0 na tomografia de coronárias?

O score de cálcio 0 é associado com baixo risco de eventos cardiovasculares e pode…

15 horas atrás

Nutrição Enteral na UTI: 10 dicas para a prática clínica

A importância da nutrição no paciente grave tem sido cada vez mais reconhecida, especialmente nos…

16 horas atrás