Dermatologia

Herpes zoster: nova vacina Shingrix apresenta melhor custo-benefício

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

Nos últimos anos, a incidência de herpes zoster aumentou em diversos países, como Austrália, Canadá e Estados Unidos. Esse crescimento ocorre por causa do envelhecimento populacional e consequente aumento das doenças crônicas. A vacinação é o melhor agente para prevenir esse cenário. Um novo artigo do Annals of Internal Medicine mostrou que a nova vacina Shingrix tem melhor custo/benefício que a Zostavax.

Através de um modelo de simulação com dados epidemiológicos, clínicos e de custo dos EUA, pesquisadores compararam o custo/benefício dos seguintes modelos em hipotéticos adultos com 50 anos ou mais:

  1. Vacinação com Shingrix (duas doses) versus Zostavax ou sem vacinação
  2. Shingrix entre pessoas que já receberam Zostavax
  3. Vacinação preferencial com Shingrix sobre Zostavax

Herpes zoster: Shingrix vs. Zostavax

A Shingrix foi considerada mais eficaz e barata em todos os cenários da simulação.

No primeiro cenário, Shingrix em comparação com nenhuma vacinação, o custo/benefício variou de US$ 10.000 a US$ 47.000 por anos de vida ajustados por qualidade (quality-adjusted life years, QALY). Para pessoas com 60 anos ou mais, o custo/benefício foi inferior a US$ 60.000 por QALY. Shingrix foi superior a Zostavax para todas as faixas etárias a partir de 60 anos.

No segundo cenário, Shingrix entre pessoas que já receberam Zostavax, o custo/benefício foi de menos de US$ 60.000 por QALY para pessoas com 60 anos ou mais. Nas análises de sensibilidade probabilística, a Shingrix permaneceu a melhor estratégia em pelo menos 95% das simulações, incluindo aquelas em que o paciente recebeu apenas uma dose.

Conclusões

Para os autores, os resultados mostram que a vacinação com Shingrix tem maior custo/benefício e reforçam a orientação do CDC e estudos prévios.

Você sabia? Herpes Zoster aumenta risco de AVC e IAM

Referências:

  • Prosser LA, Harpaz R, Rose AM, Gebremariam A, Guo A, Ortega-Sanchez IR, et al. A Cost-Effectiveness Analysis of Vaccination for Prevention of Herpes Zoster and Related Complications: Input for National Recommendations. Ann Intern Med. [Epub ahead of print ] doi: 10.7326/M18-2347
Compartilhar
Publicado por
Vanessa Thees

Posts recentes

Suplementação de ômega-3 no primeiro trimestre e associação com o crescimento fetal

As principais fontes dietéticas de ômega-3, particularmente ácido docosaexaenoico e ácido eicosapentaenoico, são os frutos…

1 hora atrás

Cafeína e prucalopride após colectomia podem reduzir tempo de retorno da função intestinal?

Dois ensaios clínicos publicados recentemente analisaram o uso de substâncias que podem diminuir o tempo…

2 horas atrás

Associação de hipotermia intraoperatória e maior mortalidade em pacientes com fraturas de quadril

A hipotermia perioperatória, definida como temperatura

4 horas atrás

Anvisa prorroga importação de radiofármacos para evitar desabastecimento no país

Foi aprovado por unanimidade o referendo que prorroga, em caráter temporário e excepcional, a importação…

5 horas atrás

Poliomielite: novos casos são diagnosticados em 2022

Entre os dias 8 de agosto e 9 de setembro de 2022, o Ministério da…

6 horas atrás

Efeitos da nutrição na microbiota durante a gravidez e a lactação [vídeo]

A nutrição materna é um fator-chave na modulação da microbiota intestinal infantil, podendo, inclusive, diminuir…

7 horas atrás