Pneumologia

Highlights do ATS 2022 [podcast]

Tempo de leitura: 2 min.

Entre os dias 15 a 18 de maio de 2022, aconteceu o ATS Conference, do American Thoracic Society, um dos maiores congressos do mundo em pneumologia, cirurgia torácica e terapia intensiva respiratória, realizado em São Francisco, na Califórnia. Neste episódio, Guilherme Bridi, pneumologista e colunista do Portal PEBMED, comenta diversos temas abordados no evento, tais como: doenças intersticiais pulmonares, doenças obstrutivas, oncologia torácica, tabagismo e doenças da circulação pulmonar.

Aperte o play e confira o episódio!

Para mais conteúdos como esse, acompanhe nosso canal no Spotify!

Tópicos comentados no podcast:
⁃ Novos tratamentos para a fibrose pulmonar idiopática
⁃ Nova indicação de rastreio de câncer de pulmão
⁃ Novos tratamentos para a hipertensão arterial pulmonar
⁃ Situação atual do uso de cigarro eletrônico e suas principais consequências
⁃ Novas combinações para tratamento da asma
– Recomendações de screening de DPOC em pacientes tabagistas

FPI

O tratamento da fibrose pulmonar idiopática (FPI) parece ganhar reforço. Em estudo publicado no NEJM, os autores encontraram uma associação benéfica entre os inibidores de fosfodiesterase 4B e redução da progressão da doença, mesmo com o uso concomitante de antifribóticos ou não. Além disso, foi apresentada a nova diretriz de fibrose pulmonar idiopática, incorporando o novo fenótipo fibrosante progressivo. Para a definição de progressão é preciso ter dois de três critérios: piora tomográfica, piora clínica ou piora funcional com redução de 5% na CVF ou 10% na difusão de monóxido de carbono.

Em outro trabalho publicado também no NEJM e apresentado no congresso, foi encontrado associação positiva entre albuterol-budesonida e melhor controle da asma na forma sob demanda e também de manutenção. Além disso, a partir de agora do rastreio do câncer de pulmão, um dos cânceres que mais mata no mundo, tem nova recomendação.

Na circulação pulmonar, o destaque foi para os efeitos positivos do Sotatercept, uma droga que atua na via do BMPR2, possivelmente a quarta via envolvida na fisiopatologia da hipertensão arterial pulmonar. O estudo é de fase 2, com poucos pacientes, porém há uma boa perspectiva com os estudos em andamento.

Confira também por outros players:

 

Compartilhar
Publicado por
Guilherme das Posses Bridi
Tags: ATS 2022

Posts recentes

Barreiras de acesso à saúde de pessoas trans e não binárias no SUS [podcast]

Como profissionais de saúde podem abordar a redesignação de gênero com pessoas transexuais e orientação…

5 horas atrás

WONCA 2022: Como jovens médicos modificarão o futuro da medicina de família?

A última sessão plenária do WONCA 2022 encerrou o evento com esperanças em relação às…

22 horas atrás

Monkeypox: orientações aos profissionais de saúde

Monkeypox é um vírus cuja transmissão se dá por contato com secreções respiratórias e lesões…

1 dia atrás

Monkeypox e Epididimite são os destaques da semana no Whitebook

Monkeypox e Epididimite são os novos conteúdos do Whitebook. Confira a lista completa com os…

2 dias atrás

Síndrome pós-COVID-19: quais os desafios nos cuidados nutricionais?

Neste artigo, veja em detalhes o que os estudos recentes têm apontado acerca dos cuidados…

2 dias atrás

As taxas de infecção aumentam com o uso de técnicas de esterilização de uso imediato?

Neste estudo, confira se a esterilização a vapor de uso imediato aumenta as chances de…

2 dias atrás