Leia mais:
Leia mais:
Automonitoramento da pressão arterial durante a gestação ou cuidado pré-natal habitual?
Hipertensão portal clinicamente significativa
Cardiopapers: quando utilizar apenas um anti-hipertensivo? [vídeo]
ACC 2022: efeito da denervação renal em hipertensos no acompanhamento de 3 anos
ACC 2022: tratamento de hipertensão crônica leve em gestantes – the CHAP project

Hipertensão e epistaxe: existe relação?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Epistaxe é uma condição comum e causa importante de visitas à emergência. Embora raramente seja fatal, a epistaxe é preocupante e requer tratamento adequado. Acredita-se que a epistaxe tenha várias causas, como ar seco, infecção, alergia, trauma, abuso de álcool e uso de anticoagulantes. Dentre todos estes fatores, a hipertensão surge como uma das condições mais importantes associadas ao desenvolvimento de epistaxe. Um estudo coreano publicado no JAMA revelou novas evidências a respeito do tema.

Neste estudo retrospectivo, os pesquisadores usaram dados do seguro de saúde nacional para comparar duas coortes de pacientes: uma com hipertensão tratada com medicamentos e outra sem hipertensão. No total, participaram do estudo 71.498 indivíduos. Cada coorte incluiu aproximadamente 36.000 pacientes que foram pareados por idade, sexo, status socioeconômico e doença crônica. Foram excluídos pacientes que tinham doenças associadas à epistaxe, como por exemplo, tumores naso-sinusais, distúrbios de coagulação. Também foram excluídos pacientes em uso de anticoagulantes.

Leia também: Epistaxe: manejo com ácido tranexâmico é eficaz?

Pessoa com caso de epistaxe deve ficar atenta a quadro de hipertensão

Resultados do estudo

Os pacientes foram acompanhados por um período médio de 5,5 anos. As taxas de incidência de epistaxe foram significativamente maiores no grupo de hipertensão do que no grupo de controle (33 vs. 23 por 10.000 pessoas). Cerca de 13% dos pacientes com epistaxe no grupo de hipertensão procuraram atendimento de emergência em comparação com 5% no grupo de controle. Com relação ao tratamento, mais pacientes com epistaxe no grupo com hipertensão do que no grupo controle necessitaram de tamponamento nasal posterior (1,9% vs. 0,4%). A recorrência de epistaxe não foi significativamente diferente entre os dois grupos. Cabe ressaltar que os pacientes com episódios leves de epistaxe que não visitaram as clínicas não puderam ser avaliados neste estudo.

Mensagem prática

  • A presença de hipertensão deve ser considerada nos casos de sangramento nasal.
  • Os médicos devem estar cientes de que os pacientes com hipertensão e epistaxe podem estar em maior risco de necessitar de tratamento de emergência.
  • Não está claro se a epistaxe grave em pacientes hipertensos reflete a pressão arterial elevada no momento do sangramento ou fragilidade vascular devido aos efeitos da hipertensão crônica.

Saiba mais: Caso clínico: paciente apresenta epistaxe, febre vespertina e emagrecimento

Referências bibliográficas:

Autor(a):

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades
Referências bibliográficas:

    O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

    Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.