Hipoglicemia em pacientes não diabéticos: como manejar?

A procura por atendimento médico para avaliação de hipoglicemia em pacientes não diabéticos tem aumentado nos últimos anos.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

A procura por atendimento médico para avaliação de hipoglicemia em pacientes não diabéticos tem aumentado nos últimos anos. O provável motivo é o uso iatrogênico de fórmulas para emagrecimento, caracterizando a hipoglicemia factícia. Como caracterizar um episódio de hipoglicemia?

Inicialmente deve-se confirmar se existe ou não a hipoglicemia, definida pela presença da tríade de Whipple por: sinais e sintomas compatíveis com hipoglicemia (tremor, palpitação, irritabilidade, sudorese, fome, pode evoluir com sonolência, fadiga, alteração de comportamento, confusão mental), glicemia PLASMÁTICA baixa (glicemia menor que 55 mg/dl com sintomas ou menor que 45 mg/dl sem sintomas) e melhora dos sintomas com o aumento da glicemia.

Alguns pacientes, principalmente mulheres e crianças, podem apresentar valores baixos de hipoglicemia em jejuns prolongados sem sinais e sintomas compatíveis com hipoglicemia. Por isso, não basta haver a glicemia baixa, é necessária também a presença do quadro clínico característico para realizar a avaliação complementar.

Mais da autora: ‘Liraglutida: um novo horizonte para tratamento da obesidade’

Na investigação das causas, deve-se checar o uso de fármacos que representam a principal causa de hipoglicemia, como insulina, sulfonilureias e glinidas; o uso de álcool e de outras drogas que podem causar hipoglicemia com menor frequência, como: gatifloxacino, pentamidina, indometacina, IECA, betabloqueadores, sulfametoxazol-trimetoprima e heparina. É importante avaliar a presença de doenças críticas, como sepse, insuficiência renal e hepática, desnutrição e deficiências hormonais (insuficiência adrenal e de GH principalmente).

Já entre os indivíduos aparentemente saudáveis, as principais causas são: insulinoma, hipoglicemia factícia, autoimune (solicitar anticorpos anti-insulina) e hipoglicemia hiperinsulinêmica pancreatogênica não insulinoma (NIPHS) idiopática ou pós-bariátrica. O insulinoma e a NIPHS se caracterizam por hipoglicemia hiperinsulinêmica, o insulinoma geralmente cursa com hipoglicemia pós-absortiva (em jejum) e a NIPHS geralmente cursa com hipoglicemia pós-prandial.

A avaliação diagnóstica deve ser iniciada com o teste do jejum prolongado, pois é obrigatório excluir insulinoma. O teste inicia-se com dosagem de glicemia, insulina, pró-insulina e peptídeo C no tempo basal e quando o teste for interrompido, realiza-se a monitorização de glicemia capilar durante todo o teste e é permitida a ingestão de água. O teste é interrompido quando há glicemia capilar baixa ou completadas 72h sem presença de hipoglicemia. Dois terços dos pacientes com insulinoma fazem a tríade de Whipple nas primeiras 24h de jejum.

Se a suspeita for de hipoglicemia pós-prandial, deve-se realizar o teste da refeição mista, iniciado após 12h de jejum com uma refeição similar àquela que o paciente refere causar hipoglicemia. É realizada a coleta basal e a cada 30min até 300min (5h) para dosagem de glicemia, insulina, pró-insulina e peptídeo C. O teste é interrompido se glicemia capilar baixa.

Os sinais e sintomas da hipoglicemia são inespecíficos, o que pode dificultar o diagnóstico. Dessa forma, no diagnóstico diferencial devem ser consideradas condições como ansiedade, estresse, síndrome depressiva e epilepsia. A mensagem mais importante nesses casos é prosseguir a investigação apenas se a tríade de Whipple for confirmada, para evitar submeter o paciente a testes invasivos e de difícil realização sem necessidade.

Referência:

  • Cryer PE¹, Axelrod L, Grossman AB et al. Evaluation and management of adult hypoglycemic disorders: an Endocrine Society Clinical Practice Guideline. J Clin Endocrinol Metab. 2009 Mar;94(3):709-28. doi: 10.1210/jc.2008-1410. Epub 2008 Dec 16.
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Especialidades