HIV: conheça as infecções oportunistas e como combatê-las [ABRAMEDE 2018]

Apesar de graves, as complicações do vírus HIV são reversíveis atualmente. A imunodepressão grave pode ocorrer quando o diagnóstico é tardio.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

As infecções por HIV ainda representam um desafio para a saúde pública, tanto no Brasil quanto mundialmente. Apesar de políticas governamentais incentivarem a prevenção da doença, os casos de pessoas que contraíram o vírus aumentaram, principalmente entre os jovens. Segundo o Ministério da Saúde, o número de indivíduos infectados entre 16 e 24 anos aumentou de 2005 a 2016, de 2,4 para 6,9 casos por cada 100 mil habitantes.

Leia mais: Ibalizumab no tratamento para HIV-1 multirresistente

Apesar de graves, atualmente as complicações do vírus são reversíveis. Este foi o tema debatido na palestra “Infecções oportunistas no HIV: diagnóstico e tratamento no departamento de emergência”, ministrada por Guilherme Alves de Lima Henn.

HIV

Classificação da Imunodepressão no HIV, a partir do CD4:

– > 500 – Imunodepressão inexistente – Doenças semelhantes a imunocompetentes
– 350-500 – Imunodeficiência leve – Doenças semelhantes a imunocompetentes
– 200-350 – Imunodeficiência moderada – Doenças bacterianas comuns e doenças endêmicas (herpes-zoster, tuberculose, leishmaniose) são mais prevalentes
– 100-200 – Imunodeficiência avançada – Pneumocistose, candidíase esofágica, meningite criptocócica, isosporíase e criptosporidiose
– < 100 – Imunodeficiência profunda – neurotoxoplasmose, histoplasmose, esofagite ou colite por CMV

A imunodepressão grave ou profunda pode ocorrer em casos em que o diagnóstico é tardio ou há falha terapêutica. Sempre perguntar sobre a última contagem de CD4 e carga viral e adesão à TARV, pois se a carga viral estiver indetectável é sinal de boa adesão à TARV.

Indícios de imunocomprometimento

  • Auto-relato de má adesão à TARV
  • Carga viral detectável
  • Presença de candidíase oral (< 100-200 muito provavelmente)
  • Uso de sulfametoxazol + trimetoprima profilático: está indicado para todos com < 200 (se está usando já é indício)

Infecções oportunistas do Sistema Nervoso Central

As mais comuns no Brasil são:

  • Neurotoxoplasmose: Encefalopatia focal
  • Neurocriptococose: Meningoencefalite
  • Neurotuberculose: Meningoencefalite ou encefalopatia focal

Atenção: Não é incomum que o paciente com HIV apresente mais de uma doença ao mesmo tempo.

O TC de crânio é um divisor de águas:

  • Avaliar presença de lesões expansivas: a presença de lesões expansivas contra-indica coleta de LCR;
  • Avaliar possibilidade de coletar LCR.

Neurotoxoplasmose:

  • Diagnóstico presuntivo: TC compatível
  • Definitivo: Biópsia
  • A partir do diagnóstico presuntivo, iniciar terapia empírica: Sulfadiazina + Pirimetamina + Ácido folínico;
  • Alternativa: Sulfametoxazol + trimetoprima: Estudos atuais mostram resultados equivalentes e com perfil de tolerabilidade muito melhor.
  • Sorologia e LCR são de pouco valor diagnóstico.

Neurocriptococose/Neurotuberculose:

  • Mais comumente como meningoencefalite;
  • TC sem lesões expansivas;
  • Solicitar LCR: O perfil é muito semelhante: O que diferencia é a pesquisa direta, porém com baixa sensibilidade; ou o teste rápido para detecção do agente; solicita-se também cultura (que demora a crescer);
  • Tratamento empírico apenas nos quadros graves, pois a evolução é mais indolente;
  • Neurocripto: Anfotericina B (na ausência de 5-fluocitosina, obtido apenas por importação); + controle agressivo da hipertensão intracraniana e distúrbios hidroeletrolíticos;
  • Neurotuberculose: Esquema RIPE por 12 meses; associar corticoide para diminuir edema cerebral.

Infecções oportunistas respiratórias

A pneumonia comunitária bacteriana, embora não seja uma infecção oportunista, é mais comum no imunossuprimido do que no imunocompetente:

  • Esquemas semelhantes ao imunocompetente: prefira terapia combinada de beta-lactâmico + macrolídeo.

As principais infecções oportunistas são Pneumocistose, Histoplasmose e Tuberculose. Diagnóstico diferencial das 3 causas:

  • É muito comum pacientes com histoplasmose terem pancitopenia;
  • LDH costuma estar elevado na pneumocistose e na histoplasmose (neste último > 3x LSN), enquanto na tuberculose se eleva pouco;
  • A hipoxemia é muito frequente na pneumocistose e é desproporcional ao exame radiológico;
  • A radiografia de tórax pode confundir entre as 3 causas, não dá para fechar o diagnóstico com a radiografia;
  • Manifestações extrapulmonares são muito frequentes na histoplasmose (hepatoesplenomegalia, infecção disseminada), estão ausentes na pneumocistose e raro na tuberculose (ocasionalmente apenas hepatoesplenomegalia).
  • Solicitar: Hemograma, PCR, LDH, Gasometria arterial, imagem do tórax (inicialmente o raio-X).

Isolar o agente:

  • Pneumocistose: Muitas vezes o tratamento é empírico, pois só consegue ser isolado no escarro com coloração específica.
  • Histoplasmose: Pesquisa no sangue, aspirado de medula óssea, pesquisa direta por cultura.
  • Tuberculose: Principalmente no escarro. Na doença disseminada, sangue e aspirado de medula óssea.

Tratamento

  • Pneumocistose: SMX+TMP + Corticoide
  • Histoplasmose: Anfotericina B
  • Tuberculose: RIPE 6 meses

MAIS DO CONGRESSO ABRAMEDE 2018

Insuficiência cardíaca:

Medicina Interna:

Lombalgia:

Sepse:

Trauma:

Cetoacidose diabética:

Síndrome coronariana aguda:

Asma grave:

A PEBMED ESTÁ NO ABRAMEDE 2018

Entre os dias 25 e 28 de setembro, a Associação Brasileira de Medicina de Emergência (ABRAMEDE) promove em Fortaleza (CE) a 6ª edição do maior Congresso de Medicina de Emergência Adulto e Pediátrico da América Latina. O evento conta com workshops, cursos e palestras com os maiores especialistas da área. A PEBMED está em Fortaleza e vamos publicar aqui no Portal com exclusividade as principais novidades do evento.

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Tags

hiv