Coronavírus

Hospitais do SUS visam reduzir tempo de permanência nas UTIs e reabilitar pacientes pós-Covid-19

Tempo de leitura: 3 min.

A implementação de um plano de reabilitação em enfermarias para pacientes que saíram das unidades de terapia intensiva (UTI) por conta da pandemia é o principal objetivo do Projeto de Reabilitação pós-Covid-19, que está sendo realizado através do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS), em parceria com o Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo.   

Indicadores como tempo de permanência nas UTIs, velocidade na recuperação e sequelas identificadas mesmo nos casos mais leves da Covid-19 foram fundamentais para a construção do Ciclo 1 do projeto, que visa a implementação de leitos de cuidados prolongados/reabilitação nos hospitais, a melhoria da utilização dos leitos crônicos, a redução do tempo médio de permanência dos pacientes críticos crônicos pós-Covid-19 e a capacitação das equipes no Plano de Alta Segura, utilizando principalmente as metodologias Lean e Ágil.

Até dezembro de 2021, cinco hospitais do Sistema Único de Saúde (SUS) trabalharão em parceria com uma equipe especializada do Hospital Sírio-Libanês, no Rio de Janeiro, para aprimorar os cuidados relacionados aos efeitos da pós-Covid-19.

As unidades escolhidas foram: Hospital Regional Público Dr. Abelardo Santos, em Belém, Pará; Complexo de Doenças Infecto Contagiosas Clementino Fraga, em João Pessoa, Paraíba; Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá, em Mato Grosso; Hospital Municipal Ronaldo Gazolla, no Rio de Janeiro; e Hospital de Clínicas de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

Saiba mais: Análise de pacientes com Covid-19 em UTIs brasileiras: o que aprendemos?

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas
Cadastrar Login

Resultados animadores

Os hospitais participantes do ciclo 0 deste projeto, localizados em Tocantins, Ceará, Distrito Federal, Paraná e Minas Gerais, atingiram 80% de evolução na adesão aos protocolos de altas seguras e 26% na taxa de independência funcional, de acordo com o índice Barthel.

Ao longo dos próximos meses, a equipe do Hospital Sírio-Libanês realizará 15 ações presenciais e remotas que vão do diagnóstico do hospital até a tutoria de ferramentas e projetos de gestão médica capazes de melhorar a qualidade de vida dos recuperados da Covid-19.

“Muitos pacientes sobreviveram por causa da dedicação de equipes multidisciplinares. Durante a pandemia, vimos a força da união do nosso sistema de saúde”, afirmou Sérgio Okane, secretário de atenção especializada à saúde no Ministério da Saúde.

Leia também: Lesão renal aguda em pacientes pediátricos e adultos com Covid-19 na UTI

Projeto visa reduzir tempo de permanência nas UTIs pós-Covid-19

Segundo os resultados dos estudos do Hospital Sírio-Libanês, a média de permanência do paciente na UTI do SUS é de nove dias, praticamente o dobro da média nos leitos particulares.  

“Oferecer uma assistência de qualidade durante a internação e girar o leito permite maior qualidade de vida ao paciente. Muitos médicos sentem receio de tirar o paciente da UTI e arriscar uma reinternação e o resultado é uma reabilitação clínica acontecendo no próprio leito de terapia intensiva. O importante não é apenas o paciente sobreviver, ele tem que sobreviver com qualidade de vida, com condições de se recuperar e ser independente e feliz”, explica a médica Amanda Santos Pereira, líder do projeto Reabilitação pós-Covid-19.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED.

Autora:

Referências bibliográficas:

Compartilhar
Publicado por
Úrsula Neves

Posts recentes

Os novos anticoagulantes orais estão sendo mais utilizados que os antagonistas da vitamina K em pacientes com FA?

Os novos anticoagulantes surgiram como uma alternativa e mostraram eficácia e segurança semelhante ou melhor…

13 horas atrás

Whitebook: coombs indireto – o que é e como solicitar?

Essa semana, falamos sobre o coombs indireto em obstetrícia. Em nossa publicação de conteúdos do…

17 horas atrás

Diagnóstico de policitemia vera: conceitos importantes

Policitemia vera é uma síndrome mieloproliferativa caracterizada por aumento da massa eritrocitária. Saiba mais.

1 dia atrás

AAP 2021: avaliação de sepse tardia e terapia empírica em prematuros extremos

O objetivo de um estudo apresentado na AAP 2021 foi definir a frequência da sepse…

1 dia atrás

Podcast da Pebmed: dissecção da artéria vertebral. Como diagnosticar e tratar? [podcast]

No episódio de hoje, Henrique Cal, vai discutir sobre causas que podem levar à dissecção…

1 dia atrás

Destaque das diretrizes no manejo do tabagismo

O tabagismo é a principal causa de morte evitável no mundo. Atualmente são cerca de…

1 dia atrás