Imunoglobulinas no tratamento de doenças neurológicas

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

O uso de imunoglobulina humana por via endovenosa (IgIV) tem se mostrado um eficiente tratamento anti-inflamatório e imunomodulador para um número crescente de doenças neurológicas.

500x120-rosa

Apesar do seu uso generalizado e sucesso terapêutico, os mecanismos de ação de IgIV ainda são mal compreendidos. Veja os principais pontos para o uso imunoglobulina humana por via endovenosa, retirados do Boletim ABNews, da Academia Brasileira de Neurologia:

INDICAÇÃO

Com base em evidências de estudos controlados, as doenças neurológicas que podem ser tratadas com IgIV são:

  • Síndrome de Guillain-Barré
  • Polirradiculoneuropatia inflamatória desmielinizante
  • Neuropatia motora multifocal
  • Miastenia gravis
  • Dermatomiosite
  • Síndrome da pessoa rígida

DOSAGEM:

A dosagem habitual é de 0,4g/kg/dia. A dose total do primeira pulso de IgIV é de 2g/kg. A recomendação é que essa dose seja ministrada de três a cinco dias. A dose de manutenção deve ser indicada caso a caso.

APLICAÇÃO:

A aplicação pode ser feita em regime ambulatorial ou na residência do paciente. É recomendável que a primeira dose seja feita no hospital, por causa do risco de reações adversas. O uso domiciliar, ainda pouco difundido no Brasil, é mais seguro se usados infusões subcutâneas e autoadministráveis.

EFEITOS ADVERSOS:

Os principais efeitos colaterais do tratamento são: meningites assépticas, cefaleia, calafrios ou mialgia. Em migranosos, a infusão pode desencadear crises. Fadiga, febre, náusea e aumento da PA podem ocorrer nas primeiras 24 horas pós-infusão. Manifestações dermatológicas como eczema, prurido, petéquias e lesões cutâneas liquenoides também podem ocorrer. Em pacientes com algum grau de redução na função renal, a infusão poderia estar associada a necrose tubular aguda, reversível.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

250-BANNER2

Referências:

  • https://www.nature.com/nrneurol/journal/v11/n2/full/nrneurol.2014.253.html
  • Jornal ABNnews, setembro 2016: https://www.magtab.com/abnews/. Entrevista com médico Amilton Antunes Barreira
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

3 comentários

  1. tenho tomado remedios para neuropatia periferica (os dois bracos ardem e doem) porem nao esta resolvendo (Gabapentina e Velafaxina) gostaria de tentar imunoglobulina.

    • Ana Carolina Pomodoro

      Olá, Marcelo! Converse pessoalmente com seu médico, que é o melhor para poder conduzir adequadamente o tratamento no seu caso. Desejamos que tenha sucesso.

  2. gilberto carvalho

    a aplicação de imunoglobulina endovenosa por cinco dias consecutivos, pode abaixar a imunidade da pessoa?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar