Gastroenterologia

Índice de massa corporal aumentado pode estar associado à neoplasia colorretal precoce

Tempo de leitura: 2 min.

A neoplasia colorretal é a terceira mais comum no mundo, sendo observado nos últimos anos um aumento na incidência desse tipo de câncer entre pacientes com menos de 50 anos. O maior aumento na incidência de neoplasia colorretal precoce ocorre entre indivíduos com 20-39 anos, os quais não são habitualmente incluídos nos programas de rastreamento.

O excesso de gordura corporal, comumente avaliado pelo índice de massa corporal (IMC), é um fator de risco bem estabelecido para câncer colorretal, mas pouco se conhece sobre seu impacto em indivíduos com neoplasia precoce. O aumento de indivíduos obesos poderia explicar a ampliação do número de casos de câncer colorretal em pessoas mais jovens.

Por esse motivo, Hengjing Li e colaboradores conduziram estudo de revisão sistemática com metanálise para avaliar a associação do IMC com neoplasia colorretal.

IMC e neoplasia colorretal precoce

Duzentos e vinte nove artigos foram revisados, dos quais 12 foram elegíveis para revisão sistemática e seis incluídos na metanálise. Foram considerados os estudos que avaliaram a associação de neoplasia colorretal e IMC. Foram excluídos os trabalhos que avaliaram somente pacientes com mais de 55 anos ou que não reportaram dados em pacientes mais jovens.

Neoplasia colorretal precoce foi definida como aquela de início antes dos 55 anos de idade.

Leia também: 45 é o novo 50? Rastreio do câncer colorretal

Resultados

Risco aumentado de neoplasia colorretal precoce foi observado entre pacientes com sobrepeso e obesidade comparado a peso normal (odds ratio [OR] 1,42; IC95% 1,19–1,68). O aumento do risco foi diretamente proporcional ao aumento do IMC, sendo maior para obesidade (OR 1,88; IC95% 1,40–2,54) em relação a sobrepeso (OR 1,32; IC95% 1,19–1,47).

Todos os estudos que utilizaram IMC aferido no final da adolescência tiveram associação positiva com câncer colorretal. O resultado encontrado é semelhante ao observado em estudos prévios que incluíram pacientes com neoplasia colorretal de todas as idades.

Limitações

O momento de avaliação do IMC, diferentes critérios de inclusão e exclusão entre os estudos e ajustes de covariáveis limitam a análise dos dados. Além disso, a metanálise pode ter sido impactada por um grande estudo na população judaica que contribuiu com a maioria dos dados, dificultando, assim, a generalização dos achados.

Veja mais: Câncer colorretal: estudo analisa os principais fatores de risco

Conclusões

Sobrepeso e obesidade podem ser fatores de risco para neoplasia colorretal precoce. A pandemia de obesidade poderia, então, contribuir para o aumento no número de casos de câncer colorretal entre indivíduos com menos de 55 anos. Medidas de prevenção e tratamento da obesidade entre adolescentes e adultos jovens são importantes na redução dessa neoplasia.

Autor:

Referência bibliográfica:

  • Li Hengjing MM, et al. Association of Body Mass Index With Risk of Early-Onset Colorectal Cancer: Systematic Review and Meta-Analysis. Am J Gastroenterol 2021. 116(11):2173-2183.  doi: 10.14309/ajg.0000000000001393
Compartilhar
Publicado por
Guilherme Grossi Cançado

Posts recentes

APPRAISAL: como interpretar os resultados de um estudo clínico?

Nesse texto, trazemos um resumo dos aspectos fundamentais para a correta interpretação de um estudo/artigo…

21 horas atrás

Whitebook: como identificar a candidemia?

Esta semana, noticiamos mais um caso confirmado de Candida auris. Por isso, vamos abordar a…

1 dia atrás

Confira: Profilaxia de TVP atualizado

O Whitebook teve 97 conteúdos atualizados, entre eles Profilaxia de TVP. Saiba os detalhes da…

2 dias atrás

Interpretação da Troponina. Como avaliar o exame? [vídeo]

No episódio de hoje, confira o bate-papo entre especialistas sobre a indicação da troponina. Quando…

2 dias atrás

Medicina Baseada em Evidências: como avaliar um guideline?

Os guidelines são importantes instrumentos na prática médica e em outras profissões relacionadas aos cuidados…

2 dias atrás

Covid-19: OPAS/OMS alerta sobre o uso racional de testes de diagnóstico

A OPAS/OMS emitiu um alerta epidemiológico sobre o uso e priorização dos testes diagnósticos (antígeno…

2 dias atrás