Página Principal > Saúde & Tecnologia > Inep divulga resultado da 1ª edição da Anasem
aluno fazendo prova de multipla escolha

Inep divulga resultado da 1ª edição da Anasem

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou na última semana as notas da 1ª edição da Avaliação Nacional Seriada dos Estudantes de Medicina (Anasem). Apenas 1,9% dos estudantes alcançaram a pontuação máxima.

Instituída pelo MEC em abril de 2016, o objetivo da Anasem é avaliar os estudantes de Medicina do 2º, 4º e 6º anos, por meio de instrumentos e métodos que considerem os conhecimentos, as habilidades e as atitudes previstas nas diretrizes curriculares do curso.

A 1ª edição da avaliação foi realizada em novembro de 2016 e conseguiu mobilizar 91% das escolas brasileiras de educação médica, totalizando 233 cursos e 22.086 estudantes do 2º ano. Os desempenhos nas questões objetivas foram agrupados em três níveis de proficiência: básico, adequado e avançado.

Segundo dados divulgados pelo Inep, cerca de 91,2% dos estudantes de medicina encontram-se no nível de proficiência adequado, 6,9% no básico e 1,9% no avançado. Quanto aos desempenhos agregados por Instituições de Educação Superior, 98,71% alcançaram o nível adequado e 1,29% o básico.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Os estudantes também puderam opinar sobre a prova aplicada. Em relação ao grau de dificuldade, 62,5% consideraram que a avaliação apresentou um grau médio de dificuldade, 32,3% difícil, 2,5% muito difícil, 2,5% fácil e 0,2% muito fácil.

A segunda edição da Anasem acontecerá no dia 18 de outubro para os estudantes matriculados no 2º ano. Quem fez a prova, pode acessar os resultados clicando aqui.

Referências:

  • https://portal.inep.gov.br/artigo/-/asset_publisher/B4AQV9zFY7Bv/content/id/686747

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.