Leia mais:
Leia mais:
Check-up Semanal: updates sobre a Covid-19, corticoide na influenza, intubação orotraqueal e mais!
Influenza: devo usar corticoides?
Reativação de hepatite B em pacientes usando corticoide
LGBTQI+, tirzepadita, antibioticoterapia: confira o top 10 do mês de junho [infográfico]
Quiz: idosa com lesões extensas nas costas após uso de corticoide intravenoso. Qual o diagnóstico?

Influenza: devo usar corticoides?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Durante a pandemia de Covid-19, o corticoide surgiu como um grande aliado no tratamento dos casos graves da doença e muitos estudos, incluindo bons ensaios clínicos randomizados, foram publicados para nos ajudar a entender os riscos e benefícios da terapia. Por outro lado, quando se trata de influenza, ainda há muitas incertezas e receios com relação ao uso de corticoides, principalmente porque não há dados de ensaios clínicos randomizados disponíveis (ECR).

Leia também: Infecções por vírus sincicial respiratório e influenza: o sistema nervoso central também é suscetível

Influenza devo usar corticoides

Corticoide na influenza: evidências de estudos observacionais

  • Duas meta-análises de estudos observacionais metodologicamente mais fracas relataram que, apesar das limitações dos estudos incluídos, o tratamento com corticosteroides de pacientes com influenza hospitalizados parecia estar associado ao aumento da mortalidade, mas conclusões exatas não foram possíveis devido a falta de informações sobre a dosagem ou indicação de tratamento com corticosteroides. (2,3)
  • Uma meta-análise adicional de estudos observacionais publicados sugeriu que não apenas a mortalidade, mas também a infecção bacteriana nosocomial, a duração da ventilação mecânica e a permanência na UTI foram maiores em pacientes tratados com corticosteroides com influenza suspeita ou confirmada. (4)
  • Revisão sistemática publicada na Cochrane: foi encontrado um ECR de terapia adjuvante com corticosteroides para o tratamento de pessoas com pneumonia adquirida na comunidade, mas o número de pessoas com influenza confirmada em laboratório foi muito pequeno para tirar conclusões sobre o efeito dos corticosteroides neste grupo. A certeza da evidência disponível de estudos observacionais foi muito baixa. Embora tenham encontrado que a terapia adjuvante com corticosteroides está associada ao aumento da mortalidade, esse resultado deve ser interpretado com cautela. São necessárias mais pesquisas de alta qualidade (tanto ECR’s quanto bons estudos observacionais). As evidências atualmente disponíveis são insuficientes para determinar a eficácia dos corticosteroides para pessoas com influenza. (5)

O que recomenda o guideline da Infectious Diseases Society of America (IDSA)?

Já publicamos aqui no portal um artigo sobre as recomendações do Guideline da IDSA, revisando os principais pontos de diagnóstico e tratamento de Influenza. Com relação ao uso de corticosteroides, eles trazem a seguinte recomendação:

  • Embora as evidências atuais sejam limitadas, o tratamento com corticosteroides de pacientes com influenza deve ser evitado, a menos que clinicamente indicado por outros motivos (por exemplo, exacerbação da asma, DPOC, hidrocortisona em dose baixa para insuficiência adrenal ou choque séptico refratário).

Veja mais: Antivirais na infecção por influenza [vídeo]

Mensagem prática

  • Ainda precisamos de mais estudos de qualidade para esclarecer os efeitos dos corticoides no tratamento da Influenza.
  • Na prática, devemos evitar o uso de corticoides na Influenza, a menos que haja outras indicações clínicas.

[simple-auhor-box]

Referências bibliográficas:

  1. Uyeki TM, Bernstein HH, Bradley JS, et al. Clinical Practice Guidelines by the Infectious Diseases Society of America: 2018 Update on Diagnosis, Treatment, Chemoprophylaxis, and Institutional Outbreak Management of Seasonal Influenzaa. Clin Infect Dis 2019; 68:e1. doi10.1093/cid/ciy866
  2. Rodrigo C, Leonardi-Bee J, Nguyen-Van-Tam JS, Lim WS. Effect of corticosteroid therapy on influenza-related mortality: a systematic review and meta-analysis. J Infect Dis. 2015 Jul 15; 212(2):183-94. doi10.1093/infdis/jiu645
  3. Zhang Y, Sun W, Svendsen ER, Tang S, MacIntyre RC, Yang P, Zhang D, Wang Q. Do corticosteroids reduce the mortality of influenza A (H1N1) infection? A meta-analysis Crit Care. 2015 Feb 20; 19(1):46. doi10.1186/s13054-015-0764-5
  4. Yang JW, Fan LC, Miao XY, Mao B, Li MH, Lu HW, Liang S, Xu JF. Corticosteroids for the treatment of human infection with influenza virus: a systematic review and meta-analysis. Clin Microbiol Infect. 2015 Oct; 21(10):956-63. doi: 10.1016/j.cmi.2015.06.022
  5. Lansbury L, Rodrigo C, Leonardi-Bee J, Nguyen-Van-Tam J, Lim WS. Corticosteroids as adjunctive therapy in the treatment of influenza. Cochrane Database Syst Rev. 2019 Feb 24;2(2):CD010406. doi: 10.1002/14651858.
  6. Ranjbar K, et al. Methylprednisolone or dexamethasone, which one is superior corticosteroid in the treatment of hospitalized COVID-19 patients: a triple-blinded randomized controlled trial. BMC Infectious Diseases. 2021;21(337). doi: 10.1186/s12879-021-06045-3
Autor(a):

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades
Referências bibliográficas:

    O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

    Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.