Japonês e americano ganham Nobel de Medicina por terapia contra o câncer

Tasuku Honjo e James P. Allison receberam a premiação pela sua contribuição no tratamento contra o câncer, com pesquisas sobre as proteínas PD-1 e  CTLA-4.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

O japonês Tasuku Honjo e o americano James P. Allison foram os ganhadores do Prêmio Nobel 2018 de Medicina ou Fisiologia. O anúncio dos laureados foi realizado nesta segunda (1), em Karolinska, na Suécia. Ambos vão dividir a quantia de 9 milhões de coroas suecas, e cada um vai ficar com o equivalente a cerca de R$ 2 milhões. Honjo e Allison receberam a premiação pela sua contribuição no tratamento contra o câncer, com pesquisas sobre PD-1 e  CTLA-4, respectivamente, proteínas que impedem o sistema imunológico de agir contra o câncer.

As duas proteínas, chamadas de checkpoint, agem no bloqueio dos linfócitos T, principais mecanismos de defesa do organismo, fazendo com que o sistema imunológico não reconheça a ameaça. As descobertas de Honjo e Allison levaram à elaboração da terapia com inibidores de checkpoint imunológico, que viria a ser o quarto pilar na luta contra o câncer, formado também por quimioterapia, radioterapia e cirurgia.

Leia mais: Câncer: estatística revela dados de mortalidade da doença em 2018

A pesquisa do imunologista James P. Allison com a CTLA-4 tinha como objetivo desenvolver um medicamento que retirasse o bloqueio que a proteína exerce nas células T para que o sistema imunológico voltasse a reconhecer as células cancerígenas e iniciasse o combate à doença. O primeiro experimento teve início em 1994 e envolveu alguns ratos de laboratório, que tiveram remissão do câncer depois de serem medicados. Em 2010, a terapia com inibidores de checkpoint imunológico começou a ser testada em humanos e o estudo mostrou eficácia do tratamento de pacientes com melanoma, em muitos deles os sinais de câncer simplesmente desapareceram.

O imunologista Tasuku Honjo estudou outra proteína que bloqueava os linfócitos, a PD-1, que também atua no bloqueio das células T, porém por outros mecanismos. O japonês realizou testes em 2012 com terapia com inibidores de checkpoint e constatou que a nova medicação foi eficaz contra vários tipos de câncer, evitando o reaparecimento da doença, e remissão de câncer em alguns pacientes em metástase. Inclusive, os indivíduos apresentaram menos efeitos colaterais em relação ao tratamento contra o bloqueio da  CTLA-4.

Atualmente, a terapia com inibidores de checkpoint é amplamente utilizada em pacientes com câncer em estágio avançado. Entre os fármacos mais utilizados estão o nivolumabe e o pembrolizumabe, conforme relatamos na matéria Imunoterapia: avanços no tratamento do câncer.

Tenha em mãos informações objetivas e rápidas sobre práticas médicas. Baixe o Whitebook

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Tags