Home / Figure 1 / Lesão anular com progressão lenta
pebmed

Lesão anular com progressão lenta

Figure 1
Acesse para ver o conteúdo
Esse conteúdo é exclusivo para usuários do Portal PEBMED.

Para continuar lendo, faça seu login ou inscreva-se gratuitamente.

Preencha os dados abaixo para completar seu cadastro.

Ao clicar em inscreva-se, você concorda em receber notícias e novidades da medicina por e-mail. Pensando no seu bem estar, a PEBMED se compromete a não usar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Inscreva-se ou

Seja bem vindo

Voltar para o portal

Mulher de 21 anos de idade, sem comorbidades, apresenta lesão anular localizada em área adjacente à região mamária/axilar. A lesão é inteiramente assintomática sem dor ou prurido e apareceu há 8 meses, tendo aumentado de tamanho em apenas 0,5 cm segundo a paciente.

Exame com hidróxido de potássio (KOH) negativo duas vezes. Utilizou esteroide tópico de baixa dose durante 3 semanas o que aliviou a lesão temporariamente, mas não reduziu o tamanho. As margens são levemente elevadas. Qual é o diagnóstico? A paciente tem granuloma anular (GA). Apesar de parecer eritema anular centrífugo, a lentidão da expansão da lesão fala mais a favor de GA.

Baixe grátis o App do nosso parceiro Figure 1 para ver toda a discussão. 

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Clique e baixe aqui!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.