Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Clínica Médica / Liraglutida é aprovada para tratar obesidade em adolescentes
Pessoa se tratando com liraglutida para obesidade

Liraglutida é aprovada para tratar obesidade em adolescentes

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

A agência americana, FDA, aprovou recentemente (dezembro/2020) o uso do Saxenda® (liraglutida) em injeção de 3 mg para adolescentes (12 a 17 anos) com peso corporal acima de 60 kg e índice de massa corporal (IMC) inicial maior ou igual a 30 kg/m2, associado à dieta e aumento da atividade física. O Saxenda® já havia sido aprovado para uso em adolescentes no Brasil em agosto de 2020, com as mesmas indicações ressaltadas pelo FDA.

A aprovação do uso de Saxenda® em adolescentes foi baseada principalmente nos resultados positivos do estudo SCALE Teen (Effect of Liraglutide for Weight Management in Pubertal Adolescent Subjects with Obesity), que foi um ensaio clínico randomizado, duplo-cego, controlado por placebo. O estudo concluiu que em adolescentes com obesidade, o uso de liraglutida (3,0 mg) dose única diária mais mudança de estilo de vida levou a uma redução significativamente maior na pontuação do desvio padrão do IMC do que o placebo com mudança no de estilo de vida.

Leia também: Dieta com restrição de calorias podem evitar câncer em mulheres com obesidade?

Liraglutida x obesidade

A liraglutida é um análogo do peptídeo 1 semelhante ao glucagon (GLP-1), que atua aumentando o nível de insulina pós-prandial de maneira dependente da glicose, além de reduzir a secreção de glucagon, retardar o esvaziamento gástrico e induzir a perda de peso através da redução do apetite.

A liraglutida já era indicada para controle de Diabetes Mellitus tipo 2 pela Anvisa desde 2011, nos casos em que somente a dieta e exercícios físicos já não conseguem controlar o nível de açúcar no sangue. O Saxenda® (liraglutida) recebeu aprovação da ANVISA em 2016 como um adjuvante a uma dieta com redução calórica e aumento de atividade física para controle de obesidade em adultos.

Sobre a obesidade em adolescentes

A obesidade é considerada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como epidemia de saúde pública mundial, afetando aproximadamente 107,7 milhões de crianças e adolescentes em todo o mundo. Conforme a prevalência de obesidade aumenta, também ocorrem mais comorbidades associadas, resultando em uma enorme carga de doenças relacionadas à obesidade em todo o mundo.

Certas comorbidades, como diabetes mellitus tipo 2 (DM2) e esteato-hepatite, que antes eram consideradas “doenças de adultos”, agora são vistas regularmente em crianças com obesidade. Além disso, a obesidade durante a adolescência aumenta o risco de doenças cardiovasculares e morte prematura durante a vida adulta.

Saiba mais: Obesidade em pediatria: qual a prevalência de enzimas hepáticas elevadas e comorbidades?

É importante que os profissionais de saúde identifiquem as crianças com sobrepeso e obesidade para que a abordagem com mudanças na alimentação, atividade física e, se necessário, medicamentos, possa ser iniciada precocemente.

Mensagem prática

  • A liraglutida foi aprovada para uso no tratamento de obesidade em adolescentes (12 a 17 anos) com peso corporal acima de 60 kg e índice de massa corporal (IMC) inicial maior ou igual a 30 kg/m2, associado à dieta e aumento da atividade física.

Autor(a):

Referências bibliográficas:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.