Página Principal > Psiquiatria > Lítio versus valproato na prevenção de suicídio
homem com a cabeça baixa, em depressão

Lítio versus valproato na prevenção de suicídio

Um estudo sueco publicado na American Journal Of Psychiatry comparou a eficácia do lítio e do valproato, dois medicamentos muito utilizados no tratamento da doença bipolar, na prevenção do suicídio.

Com base em registros da Suécia, pesquisadores acompanharam 51.535 indivíduos com transtorno bipolar por oito anos para tratamento com lítio e valproato.

Durante o período do estudo, foram registrados 10.648 eventos relacionados ao suicídio. A taxa de incidência foi 14% menor durante o tratamento com lítio (hazard ratio [HR]: 0,86, intervalo de confiança [IC] de 95%: 0,78-0,95), mas não durante o tratamento com valproato (HR: 1,02, IC de 95%: 0,89-1,15). Essa diferença foi estatisticamente significante.

Veja também: ‘Precisamos falar sobre suicídio’

Além disso, combinar valproato com lítio também não se mostrou mais eficaz do que o lítio sozinho. Estimativas sugeriram que 12% (IC de 95%: 4% -20%) de eventos relacionados ao suicídio poderiam ter sido evitados se os pacientes tomassem lítio durante todo o acompanhamento.

Pelos resultados, os pesquisadores concluíram que o lítio deve ser considerado para pacientes com transtorno bipolar com suspeita de intenções suicidas, embora o risco de suicídio seja apenas uma das considerações ao fornecer cuidados clínicos.

*Esse artigo foi revisado pelo médico Eduardo Moura.

Quer receber diariamente notícias médicas no seu WhatsApp? Cadastre-se aqui!

Referências:

  • Suicidal Behavior During Lithium and Valproate Treatment: A Within-Individual 8-Year Prospective Study of 50,000 Patients With Bipolar Disorder. Jie Song, Ph.D., Arvid Sjölander, Ph.D., Erik Joas, M.S., Sarah E. Bergen, Ph.D., Bo Runeson, M.D., Ph.D., Henrik Larsson, Ph.D., Mikael Landén, M.D., Ph.D., Paul Lichtenstein, Ph.D. Published online: June 09, 2017 | https://doi.org/10.1176/appi.ajp.2017.16050542

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *