Leia mais:
Leia mais:
Envelhecimento facial e associação de procedimentos: toxina botulínica, preenchimento e bioestimulador de colágeno
A lentificação da marcha na meia idade indica envelhecimento biológico acelerado?
Medicamento que retarda o envelhecimento entra em fase de testes em humanos
Como fazer o rastreio do idoso frágil na atenção primária?
Longevidade saudável: um dos desafios da enfermagem

Medicamento que retarda o envelhecimento entra em fase de testes em humanos

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

Um agente antitumoral possui propriedades especiais capazes de retardar o envelhecimento. É o que aposta os pesquisadores de diferentes países.  

Eles acreditam que a rapamicina (sirolimus) seja a melhor opção para uma futura pílula anti-idade. Esse medicamento é um imunodepressor comumente utilizado contra o processo de rejeição a órgãos transplantados e que se mostrou eficiente no bloqueio de uma enzima que acelera a divisão celular.

A rapamicina foi descoberta acidentalmente nos anos 1970, na Ilha de Páscoa. Foi descoberta ao verificar-­se que as pessoas que andavam descalças não eram contaminadas com o tétano, apesar das perfurações nos pés.

Em um artigo de 2014, pesquisadores constataram que a substância aumentou a expectativa de vida média de 23% em camundongos machos e 26% em camundongos fêmeas.

A próxima fase, com testes clínicos realizados em pessoas, já começou. Ou melhor, começaram. Em todo o mundo há, pelo menos, 2 mil estudos simultâneos em torno das propriedades deste medicamento.

Os cientistas acreditam que a rapamicina possa prevenir ou retardar o aparecimento de quase todas as doenças relacionadas à idade. Essas enfermidades incluem aterosclerose, câncer, Alzheimer, obesidade, resistência a insulina e diabetes de tipo II, cegueira devido à degeneração macular relacionada com a idade, osteoartrite, osteoporose, entre outras.

A substância parece ter um efeito semelhante ao de uma dieta de redução calórica. Uma vez que ela se provou eficaz no aumento da expectativa de vida.

A rapamicina atua em uma proteína chamada mTOR, que controla parte das respostas do metabolismo a situações de estresse. O acúmulo de resíduos e de proteínas defeituosas nas células cresce ao longo do tempo e estimula o envelhecimento.  

A substância age nessa estrutura “defeituosa”, como um disjuntor. Liga e desliga o mecanismo, embora carregue efeitos colaterais relevantes, como infecções, febre, retardo na cicatrização de feridas, citopenias,, taquicardia, hipertensão, sintomas gastrointestinais, proteinúria, distúrbios menstruais, edema, rash e acne.

No entanto, uma série de questões fundamentais permanece sem resposta quanto aos mecanismos pelos quais a rapamicina modula a fisiopatologia e a expectativa de vida relacionada à idade. Alterações na microbiota intestinal podem afetar a fisiologia, o metabolismo e a expectativa de vida do hospedeiro.

Embora estudos recentes tenham mostrado que o tratamento com rapamicina altera a microbiota intestinal em animais idosos, as relações causais entre o tratamento com rapamicina, a dinâmica da microbiota e o envelhecimento ainda são desconhecidas.  

A Rapamicina foi aprovada em 1999 em diferentes países como um medicamento de prescrição para ser utilizado em altas doses diárias como um imunossupressor em medicina de transplante.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Autora: 

Referências:

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar