Leia mais:
Leia mais:
Insuficiência hepática aguda: o que médico precisa saber no atendimento de emergência? [podcast]
Cirurgiões transplantam coração de porco em paciente humano pela primeira vez
Primeiro transplante de rim de porco geneticamente alterado para humano é testado com sucesso nos Estados Unidos
Médicos austríacos realizam primeiro transplante de pulmão em paciente com Covid-19 da Europa
Software pode reduzir tempo no transporte de órgãos para transplante

Médicos americanos fazem transplante duplo inédito com técnica para evitar rejeição

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Os médicos da Universidade de Duke, nos Estados Unidos, anunciaram a realização de um transplante duplo inédito em um bebê utilizando uma técnica de tolerância imunológica para ajudar a evitar a rejeição dos órgãos.

O bebê Easton Sinnamon, de Asheboro, Carolina do Norte, tinha apenas seis meses quando recebeu um transplante de coração e timo. Seis meses após a cirurgia, os exames mostram que o tecido do timo está construindo novas células T, que funcionam bem. Recentemente, o pequeno paciente comemorou seu primeiro aniversário de vida.

Leia também: Primeiro transplante de rim de porco geneticamente alterado para humano é testado com sucesso nos Estados Unidos

Médicos americanos fazem transplante duplo inédito com técnica para evitar rejeição

Cirurgia inédita

Esse pequeno e achatado órgão, em forma de borboleta, localizado entre os pulmões, atrás do osso esterno e na frente do coração, desempenha um papel fundamental na construção do sistema imunológico, sendo responsável pela maturação dos linfócitos T.

O pequeno Easton foi o candidato ideal ao transplante experimental porque nasceu com dois problemas cardíacos que, mesmo com cirurgias logo após o nascimento, não puderam ser corrigidos. Além disso, ele teve infecções recorrentes e precisou passar os primeiros sete meses de vida no hospital da universidade.

Os médicos solicitaram ao FDA para realizar um tipo experimental de transplante que não havia sido feito em combinação antes, até onde eles sabiam.

Como Easton precisava de um novo coração e, de forma independente, de uma nova glândula timo, o FDA concedeu aprovação para os procedimentos que aconteceram em agosto de 2021, quando o bebê tinha seis meses.

Potencial revolucionário

Segundo os médicos da instituição, o transplante duplo realizado tem potencial de revolucionar os transplantes de órgãos sólidos, vindos do mesmo doador.

A expectativa é que o timo estabeleça o sistema imunológico do doador como se fosse o do receptor, evitando a rejeição do órgão.

A pesquisa com o método de tolerância imunológica em transplantes ainda está em estágio inicial. A abordagem se mostrou promissora em experimentos com animais, mas não havia sido testada ainda em um receptor humano de órgão vivo.

No futuro, a equipe médica pretende fazer com que o pequeno paciente não precise mais receber as drogas imunossupressoras.

“Se essa abordagem se tornar eficaz, significa que os receptores de transplante não rejeitam o órgão doado e também que o paciente não precisaria se submeter a tratamento com medicamentos de imunossupressão de longo prazo, que podem ser altamente tóxicos, principalmente para os rins. Esse conceito de tolerância sempre foi o Santo Graal no transplante, e agora estamos prestes a entendê-lo”, explicou o médico.

Saiba mais: Estudo americano aponta aumento de pacientes na fila e dos transplantes de fígado durante a pandemia

Caso funcione, o procedimento pode ser tentado com transplantes de outros órgãos. No caso do coração, por exemplo, os que são transplantados costumam ter uma vida útil média de 10 a 15 anos, com a durabilidade limitada pela toxicidade dos medicamentos imunossupressores.

“Se isso puder ser extrapolado para pacientes que já têm um timo funcional, poderia permitir que eles reestruturassem seus sistemas imunológicos para aceitar órgãos transplantados com substancialmente menos dependência de medicamentos para evitar a rejeição. O método de processamento utilizado para o tecido do timo parece ser crítico e de grande interesse”, declarou Allan Kirk, presidente do Departamento de Cirurgia de Duke.

“Estamos trabalhando com urgência para avançar na pesquisa e desenvolvimento para todas as crianças que precisam de transplantes cardíacos”, destacou a diretora-executiva da Enzyvant, Rachelle Jacques, uma empresa aceleradora de medicina regenerativa.

Assista ao vídeo produzido pelos médicos da Universidade de Duke.

Autor(a):

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades
G1. Nos EUA, bebê recebe transplante duplo inédito no mundo com técnica para evitar rejeição. Disponível em: https://g1.globo.com/saude/noticia/2022/03/08/nos-eua-bebe-recebe-transplante-duplo-inedito-no-mundo-com-tecnica-para-evitar-rejeicao.ghtml Duke Health. Novel Procedure Could Change Future of Transplant. Disponível em: https://youtu.be/74eAZrmzMQA FOX. Duke performs world's first baby heart transplant with twist to fight rejection. Disponível em: https://www.foxla.com/news/duke-performs-worlds-first-baby-heart-transplant-with-twist-to-fight-rejection
Referências bibliográficas:

    O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

    Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

    Deixe um comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado.

    Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.