Saúde Pública

Mega Vacinação: Ministério da Saúde amplia terceira dose da vacina contra Covid-19 para todos os adultos

Tempo de leitura: 3 min.

O Ministério da Saúde lançou a campanha Mega Vacinação, que visa incentivar toda a população acima de 18 anos a completarem seus ciclos vacinais. Mais de 21 milhões de pessoas precisam voltar aos postos para tomar a segunda dose.

Com o slogan “Proteção pela metade não é proteção”, de 20 a 26 de novembro, todos os postos de vacinação do país estarão preparados para intensificar a imunização dos brasileiros.

“Já temos uma das campanhas de vacinação contra a Covid-19 mais importantes do mundo, tendo ultrapassado os Estados Unidos em relação ao percentual da população imunizada, mas temos que avançar ainda mais para que não aconteça o que está ocorrendo em alguns países da Europa, onde observamos um aumento do número de casos”, alertou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga.

Mobilização Nacional

No próximo sábado (20/11), a campanha terá uma mobilização nacional para reforçar a importância do ciclo vacinal completo mesmo após o prazo recomendado pelos fabricantes das vacinas. Além disso, a mobilização nacional chama a atenção para quem ainda não tomou a dose de reforço.

Leia também: O que é preciso saber sobre as vacinas contra a Covid-19 em crianças?

De acordo com um levantamento do Ministério da Saúde, São Paulo, com 4,1 milhões de pessoas; e Minas Gerais, com mais de 2,2 milhões, são os estados que mais possuem indivíduos nessa situação. Entre os ausentes, 2,9 milhões têm entre 30 e 34 anos, faixa etária com o maior percentual de brasileiros que não voltaram ao posto de vacinação.

Ampliação da terceira dose

Outro aspecto importante da campanha é o anúncio da ampliação da dose de reforço para toda a população adulta. No total, 158 milhões de pessoas maiores de 18 anos fazem parte do público-alvo.

O intervalo para aplicação da dose de reforço também mudou, tendo sido reduzido de seis para cinco meses após a conclusão do ciclo vacinal. A recomendação vale para todos os imunizantes utilizados na campanha.

Essa orientação é baseada em pesquisas científicas que apontam uma queda na resposta imune, principalmente a partir do quinto mês após a segunda dose.

Atualmente, mais de 100 milhões de brasileiros estão aptos para tomar a dose de reforço, pois já completaram a imunização há cinco meses ou mais. A previsão do Ministério da Saúde é que 12,5 milhões de indivíduos tomem a dose de reforço em novembro e 2,9 milhões em dezembro.

Anteriormente, essa dose era recomendada apenas para os profissionais de saúde, idosos acima de 60 anos e imunossuprimidos. Desse público, cerca de 11 milhões de brasileiros já tomaram o reforço.

Vacina da Janssen

Outra atualização é que o Ministério da Saúde mudou a recomendação quanto à vacina da Janssen, anteriormente com dose única. A partir de agora, uma segunda dose será aplicada com intervalo de oito semanas após a primeira.

Após concluir o ciclo vacinal, uma dose de reforço será aplicada respeitando o prazo de cinco meses recomendado pela pasta.

Essa orientação segue uma tendência mundial. Nos Estados Unidos, por exemplo, a imunização da Janssen também já vem sendo reforçada.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Quer segurança na hora da decisão clínica? A Med Friday do Whitebook é a oportunidade de você dar um grande passo em sua carreira! Assine com desconto o aplicativo médico que tem todas as respostas que você precisa, a um toque de distância!

Autora:

Referência bibliográfica:

Compartilhar
Publicado por
Úrsula Neves

Posts recentes

CDC atualiza recomendações sobre isolamento e quarentena na Covid-19. O que dizem os estudos?

O CDC atualizou suas recomendações sobre o isolamento e quarentena na Covid-19, o que vem…

26 minutos atrás

Contestando mitos: Cuidados paliativos podem aumentar a sobrevida

Os cuidados paliativos consistem numa abordagem que objetiva aliviar o sofrimento de portadores de doenças…

26 minutos atrás

A cirurgia bariátrica diminui o risco de câncer?

Estudo avaliou se submetidos à cirurgia bariátrica possuem uma diminuição da incidência de câncer comparada…

1 hora atrás

Oseltamivir: o que você precisa saber para a prática clínica

O surto de Influenza vivenciado em todo o país durante o começo do ano de…

2 horas atrás

Efeitos do exercício físico sobre a hipertensão arterial resistente

É consenso que a prática rotineira de exercício físico é de grande benefício para o…

3 horas atrás

Anticorpos contra o vírus SARS-CoV-2 podem estar presentes no leite humano até 6 meses após a vacinação

Estudo sugere que anticorpos específicos para SARS-CoV-2 podem estar disponíveis no leite materno por até…

4 horas atrás