Saúde Pública

Ministério da Saúde anuncia acordo para redução de açúcar nos produtos

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

O Ministério da Saúde anunciou nesta terça, 28 de novembro, um acordo nacional para diminuição na quantidade de açúcar nos alimentos industrializados. O objetivo é que a medida reduza até 114 mil toneladas no consumo de açúcar até 2022. A negociação inclui a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e 68 empresas alimentícias produtoras de aproximadamente 1140 produtos como bolos, massas, refrigerantes, sucos, laticínios e biscoitos recheados.

Segundo nota oficial do Ministério da Saúde, a diminuição pretendida nos níveis de açúcar é de 62,4% em biscoitos; 53,9% nos produtos lácteos; 46,1% nas misturas para bolo; 33,8% nas bebidas açucaradas; 32,4% em bolos,  e 10,5% em achocolatados.

O excesso no consumo de açúcar pode causar diversos males no organismo, como obesidade e diabetes. Estudos recentes associaram o açúcar a um maior risco de eventos cardiovasculares. A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que o consumo da substância seja de aproximadamente 10% das calorias ingeridas diariamente, a mais recente recomendação da American Heart Association (AHA) orienta que o limite seja de 5%, equivalente a 25 g por dia. No entanto, a média de consumo de açúcar do brasileiro é 50% maior do que o recomendado.

Leia mais: Existe uma quantidade segura para consumo do açúcar?

Conforme declarações do atual ministro da Saúde Gilberto Occhi, a medida visa despertar na sociedade a necessidade de cuidar da saúde por meio de uma alimentação saudável. Cabe ressaltar que a diminuição no açúcar não significa substituição do ingrediente por similares, como adoçantes, por exemplo.

“O acordo vai ajudar a melhorar a conscientização da população na busca de alimentos mais saudáveis. O apoio da indústria na redução do açúcar permitirá que população busque uma vida mais saudável e tenha menos problemas de doenças que possam ser evitadas. É importante que nós tenhamos avanços dessa natureza”, relatou o ministro.

A redução de açúcar nos alimentos industrializados será monitorada a cada dois anos pela Anvisa, com a primeira verificação programada para 2020.

Tenha em mãos informações objetivas e rápidas sobre práticas médicas. Baixe o Whitebook

Referências:

Compartilhar
Publicado por
Roberto Caligari

Posts recentes

Efeito das lentes de contato rígidas gás permeáveis no Ceratocone

O uso de lentes de contato é uma das medidas muito utilizadas na reabilitação visual…

6 horas atrás

Whitebook: Intoxicação por cloroquina no ECG

Em nossa publicação semanal de conteúdos compartilhados do Whitebook vamos falar um pouco sobre a…

10 horas atrás

O paciente como um todo: entendendo o indivíduo, a família e o contexto

A experiência que cada paciente tem é única e esse entendimento, pelo médico, é fundamental…

1 dia atrás

As aplicabilidades da escala de coma de Glasgow [podcast]

No episódio de hoje, Felipe Nobrega comenta sobre o uso da escala de coma de…

1 dia atrás

Tempo mínimo de tratamento para a pneumonia adquirida na comunidade: o estudo PCT

A duração difundida do tratamento antimicrobiano para pneumonia adquirida na comunidade, de 5 a 10…

1 dia atrás

Modelo de predição de parto prematuro para mulheres em trabalho de parto prematuro

O paradigma envolvendo o parto prematuro é a dificuldade de diagnóstico, uma vez que seus…

1 dia atrás