Coronavírus

Covid-19: Ministério da Saúde anuncia que adolescentes receberão vacina após primeira dose de toda população adulta

Tempo de leitura: 2 min.

Em comunicado assinado nesta terça-feira, 27, pelo Ministério da Saúde, pelo Conass e pelo Conasems, foi anunciado que adolescentes de 12 a 17 anos serão incluídos no Plano Nacional de Imunização (PNI) e receberão a vacina contra Covid-19 após toda a população de maiores ou iguais a 18 anos receber pelo menos a primeira dose de alguma das vacinas disponíveis. Adolescentes com comorbidades terão prioridade de vacinação.

Saiba mais: Moderna anuncia resultados eficazes da vacina em adolescentes de 12 a 17 anos

Segundo o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, com a chegada programada das vacinas e pela eficácia nas suas aplicações, a expectativa e o objetivo do ministério é imunizar toda a população maior de 18 anos até setembro. O ministro ainda disse que, após vacinar com a primeira dose todos os adultos, a ideia é estudar a redução do intervalo entre doses dos imunizantes.

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas
Cadastrar Login

Vacina para adolescentes

Em junho, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) já havia concedido autorização para a indicação da vacina da Pfizer contra Covid-19 para crianças com idade de 12 anos ou mais. 

De acordo com a Anvisa, a ampliação da idade em adolescentes de no mínimo 12 anos foi aprovada, após a Pfizer apresentar resultados de estudos que indicaram a segurança e eficácia da vacina contra Covid-19 para este grupo. Os estudos foram desenvolvidos fora do Brasil e avaliados pela agência.

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências bibliográficas: 

Compartilhar
Publicado por
Luciano Lucas

Posts recentes

AVC: como obter certificação online para aplicação da NIHSS

Foi criada uma escala para quantificar a magnitude e gravidade do AVC, a NIHSS, sendo…

15 minutos atrás

Dissecção espontânea de coronária: como diagnosticar?

Recentemente foi publicada uma revisão sobre o diagnóstico da dissecção espontânea de coronária. Confira, resumidos,…

1 hora atrás

Fatores de risco para câncer de mama avançado após 2 anos de mamografia negativa

A mamografia pode reduzir em 15% a 20% a mortalidade por câncer de mama, mas…

2 horas atrás

Relação da disbiose e autismo [podcast]

Dolores Henriques e Paula Hartmann conversam sobre o que há na literatura sobre a relação da…

3 horas atrás

Pré-natal do parceiro: desafios e soluções

O pré-natal do parceiro é uma das formas de inclui-los na paternidade consciente e ativa,…

4 horas atrás

Anemia ferropriva: suplementação de ferro reduz transfusões e tempo de internação 

Estudos analisam a influência da suplementação pré-operatória de ferro sobre resultados cirúrgicos de pacientes com…

5 horas atrás