Leia mais:
Leia mais:
Podcast da Pebmed: fluvoxamina na COVID-19 (TOGETHER trial), “antes só que mal acompanhado!” [podcast]
É seguro suspender antidepressivos na atenção primária? 
Caso clínico: Paciente de 63 anos na emergência após síncope. Qual o diagnóstico?
Whitebook: como identificar a síndrome de descontinuação de antidepressivos?
Setembro Amarelo: Como escolher o melhor antidepressivo para seu paciente? [e-book]

Mirtazapina pode ajudar a reduzir complicações da colangite biliar primária

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

Profissionais do Departamento de Medicina da Universidade de Calgary, no Canadá, fizeram uma pesquisa para entender porque a depressão é prevalente em pacientes com colangite biliar primária (PBC) e examinar os efeitos da depressão e dos antidepressivos nos desfechos hepáticos de pacientes com PBC.

Métodos

O banco de dados da UK Health Improvement Network foi utilizado para identificar pacientes com PBC entre os anos de 1974 e 2007. O desfecho primário foi um dos três eventos clínicos: cirrose descompensada, transplante de fígado e morte. A depressão foi avaliada e cada classe de medicação antidepressiva em modelos de riscos proporcionais multivariados de Cox foram ajustadas para identificar preditores independentes de desfechos. Em uma análise de sensibilidade, a população do estudo foi restrita a pacientes com PBC usando ácido ursodesoxicólico (UDCA).

Colangite: veja as novas diretrizes para diagnóstico e tratamento

Resultados

A pesquisa identificou ao todo 1.177 pacientes com PBC durante o período de realização da mesma. Na coorte, 86 pacientes (7,3%) tiveram um diagnóstico de depressão antes do diagnóstico de PBC, enquanto 79 pacientes (6,7%) tiveram um diagnóstico de depressão após o diagnóstico de PBC.

Em dez anos, a incidência de mortalidade, cirrose descompensada e transplante de fígado foi de 13,4%, 6,6% e 2,0%, respectivamente. Nos modelos ajustados do estudo, o status de depressão não foi um preditor dos resultados ruins. Após estudar todas as classes de antidepressivos, o uso do antidepressivo atípico mirtazapina após o diagnóstico de PBC ajudou a ter uma melhora significativa (HR ajustado 0,23: IC 95% 0,07-0,72) contra problemas hepáticos (descompensação, transplante de fígado, mortalidade), que permaneceram estatisticamente significantes em pacientes UCDA (HR 0,21: IC 95% 0,05-0,83).

Não sabe de cor a dose de todos os medicamentos? o Whitebook te dá uma mãozinha. Clique aqui para baixar

Conclusão

A pesquisa demonstrou que a depressão não estava associada a desfechos clínicos ruins. Entretanto, o uso do antidepressivo mirtazapina teve relação com a diminuição da mortalidade, da cirrose descompensada e transplante de fígado em pacientes com PBC. Esses achados suportam a avaliação adicional da mirtazapina como um potencial tratamento para pacientes com PBC.

Referência:

*Shaheen A-A, Kaplan GG, Almishri W, Vallerand I, Frolkis AD, Patten S, et al. (2018) The impact of depression and antidepressant usage on primary biliary cholangitis clinical outcomes. PLoS ONE 13(4): e0194839. https://doi.org/10.1371/journal.pone.0194839

 

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.