Home / Colunistas / Nova recomendação: rastreio de câncer de cólon deve ser iniciado aos 45 anos

Nova recomendação: rastreio de câncer de cólon deve ser iniciado aos 45 anos

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O câncer de cólon é mais prevalente na população acima de 45 anos, e é a terceira causa de morte por câncer em mulheres e homens em dados norte-americanos.

A divulgação da necessidade pelo rastreio da doença esteve em alta nos últimos meses após a morte, aos 43 anos, do ator famoso Chadwick Boseman, estrela do filme “Pantera Negra”.  

Em outubro de 2020, o New England Journal publicou uma matéria debatendo sobre a idade ideal para se iniciar o rastreamento de câncer de cólon. A US Preventive Services Task Force sugeriu alterar a idade de início do rastreio para câncer de cólon da idade de 50 anos para 45 anos, tendo em vista sua alta prevalência nos adultos jovens. A American Cancer Society já faz essa recomendação há 2 anos, e parece ser uma nova tendência nos próximos meses. 

Câncer de Colon

Testes disponíveis para detecção de câncer de cólon

Vários testes de triagem estão disponíveis para detectar pólipos adenomatosos e câncer colorretal antes que se tornem sintomáticos: testes imunoquímicos fecais, testes de sangue oculto nas fezes, teste de DNA, colonoscopia, sigmoidoscopia, bem como de imagem.

Os testes diferem em relação à sensibilidade e especificidade, frequência dos testes, evidência de eficácia, conveniência, segurança, disponibilidade e custo.

Nova recomendação

A nova recomendação da US Preventive Services Task Force ainda está em fase preliminar, porém não indica um exame específico como recomendação em pacientes assintomáticos, mas considera que testes menos invasivos devam ser iniciados precocemente, e repetidos com intervalos menores. Diante de achados suspeitos a colonoscopia deve, então, ser solicitada.

A mudança de protocolo está sendo baseada na avaliação de aproximadamente 500 trabalhos, principalmente ensaios clínicos randomizados em populações assintomáticas na faixa etária acima dos 40 anos. 

Enquanto isso, a Canadian Task Force on Preventive Health Care (CTFPHC), o European Council, the American Academy of Family Physicians (AAFP), o American College of Physicians (ACP), e o Ministério da Saúde do Brasil mantém a recomendação de iniciar o rastreio do câncer de cólon da população adulta de risco habitual na faixa etária de 50 anos.

Autor(a):

Referência bibliográfica: 

3 comentários

  1. Avatar

    Parabéns a escritora do artigo!
    Acho interessante o estudo/rastreio ter início aos 45 anos. Dentro da ginecologia, já há colegas que, como eu, fazem o rastreio a partir desta idade. Gostaria de saber por qual exame não invasivo são as orientações atuais para iniciar a pesquisa e quais são feitos nos SUS.

    Desde já agradeço o acesso ao texto!

  2. Avatar
    João Francisco Paz Diniz

    Boa noite,

    Penso que tenha ocorrido um equívoco de digitação nesse texto. O correto não seria “(…)alterar a idade de início do rastreio para câncer de cólon de 50 para 45 anos como de costume(…)?

    “Em outubro de 2020, o New England Journal publicou uma matéria debatendo sobre a idade ideal para se iniciar o rastreamento de câncer de cólon. A US Preventive Services Task Force sugeriu alterar a idade de início do rastreio para câncer de cólon da idade de 45 anos para 50 anos como de costume, tendo em vista sua alta prevalência nos adultos jovens. A American Cancer Society já faz essa recomendação há 2 anos, e parece ser uma nova tendência nos próximos meses.”

    Att,
    Dr. João Diniz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.