Endocrinologia

Novo fármaco é eficaz no tratamento da albuminúria em diabéticos

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

A albuminúria caracteriza-se pela presença de albumina na urina e é um forte indicador de disfunções renais. Entre outras causas da albuminúria estão obesidade, histórico familiar, hipertensão, algumas medicações e abuso de anti-inflamatórios. Muitos pacientes com doença renal provocada por diabetes mellitus podem ser acometidos por albuminúria residual e correm risco de agravamento da doença.

Um levantamento realizado recentemente testou a eficácia e a segurança do ASP8232, um inibidor da proteína de adesão vascular 1, no controle da albuminúria em pacientes diagnosticados com diabetes tipo 2 e insuficiência renal crônica. O estudo randômico, duplo-cego, de fase 2, selecionou 125 participantes (entre 18 e 85 anos) provenientes de 64 centros médicos europeus.

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas
Cadastrar Login

ASP8232 na diminuição na albuminúria

Os pesquisadores designaram aleatoriamente os indivíduos em dois grupos, o primeiro contou com 64 integrantes, que receberam 40 mg diárias de ASP8232; enquanto o segundo grupo tinha 61 participantes, que foram testados com placebo. Os desfechos primários identificados foram mudança nos níveis albumínicos no teste de relação albumina/creatinina (RAC), aplicado em todos os pacientes que receberam a medicação usada no estudo. O tempo de follow up foi de 12 semanas

Resultados

Os níveis de albumina registrados no RAC diminuíram 17,7% nos pacientes do grupo do ASP8232 (IC 95% [5,0 a 28,6]) e aumentaram 2,3% no grupo do placebo (IC 95% [−11,4 a 18,1]). A diferença ajustada entre os dois grupos foi de -19,5% (IC 95% [−34,0 a −1,8], p=0,033).

Efeitos adversos foram detectados em 61% dos pacientes que recebera ASP8232 e em 56% nos participantes do grupo do placebo. Em 16 indivíduos do primeiro grupo e quatro do segundo, os incidentes ocorreram devido à medicação que eles usavam para o controle da doença real crônica. No grupo do ASP8232, os efeitos colaterais mais relatados pelos pacientes foram problemas renais.

Tenha em mãos informações objetivas e rápidas sobre práticas médicas. Baixe o Whitebook

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

  • ZEEUW, Dick et al. Efficacy of a novel inhibitor of vascular adhesion protein-1 in reducing albuminuria in patients with diabetic kidney disease (ALBUM): a randomised, placebo-controlled, phase 2 trial. November 06, 2018 DOI:https://doi.org/10.1016/S2213-8587(18)30289-4. Published: November 06
Compartilhar
Publicado por
Roberto Caligari

Posts recentes

Asma em Criança: atenção em tempos de Covid-19 [podcast]

Neste episódio do Whitecast, a Drª Dolores Silva, especialista em pediatria e conteudista do Whitebook,…

10 horas atrás

Meta-análise: A prática de atividade física e a influência sobre as imunizações

Alguns estudos já chamam a atenção da necessidade da boa saúde advinda de atividade física…

11 horas atrás

Esôfago curto: Estudo revisa questões históricas e atuais relacionadas ao seu tratamento

O trabalho publicado na Annals of Surgery revisa questões do tratamento da doença do refluxo…

12 horas atrás

Suplementação de ômega-3 pode retardar o envelhecimento acelerado relacionado ao estresse 

Vários estudos foram realizados e evidenciou-se que a suplementação diária com ômega 3 estaria relacionado…

13 horas atrás

Anvisa recebe pedido de uso emergencial de vacina contra Covid-19 da Sinopharm

A Anvisa recebeu uma solicitação de autorização temporária para uso emergencial para a vacina contra…

13 horas atrás

Manejo perioperatório nas lesões de medula espinhal

A incidência de casos de lesão de medula espinhal é baixa, mas elas levam a…

15 horas atrás