Neurologia

O que é a cefaleia numular (em forma de moeda)?

Tempo de leitura: 2 min.

A cefaleia numular (também conhecida como cefaleia em forma de moeda) é uma das várias síndromes de dor de cabeça relativamente incomuns, que podem ocorrer de forma primária ou secundária de processos potencialmente malignos. A avaliação cuidadosa das causas subjacentes é fundamental.

Leia também: O que é a “cefaleia do sorvete”?

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas
Cadastrar Login

Dor na cefaleia numular

Dores de cabeça numulares são geralmente de intensidade leve a moderada e restritas a uma área redonda ou elíptica de 2 a 6 cm de diâmetro. A área mais afetada é a região parietal. A dor é contínua ou intermitente, embora em uma grande minoria de casos, remissões espontâneas com duração de semanas a meses possam ocorrer.

Sobreposta a esse quadro, pode ocorrer dor lancinante que inicialmente dura segundos, mas pode aumentar gradualmente sua duração para minutos ou horas. Não é acompanhada por náusea, vômito, sensibilidade à luz ou ao som, rinorreia, lacrimação, injeção conjuntival ou sintomas neurológicos focais. A área afetada pode ser alodínica, parestésica ou hiperestética.

Embora sua fisiopatologia seja incerta, cefaleia numular pode ser neuralgia de um ramo terminal do nervo trigêmeo.

O diagnóstico diferencial inclui cefaleias primárias (idiopática), que, diferentemente da numular, tende a ser multifocal e com localização variável. Também inclui nessa lista, secundária de lesões ósseas cranianas causadas por câncer metastático, mieloma múltiplo, doença óssea de Paget ou osteomielite.

Saiba mais: Uma visão geral sobre a “Cefaleia em Trovoada”

Patologias secundárias e tratamento

Dentre as patologias secundárias que podem envolver localmente a calota craniana, dolorosas ou não, temos o histiocitoma maligno; o mieloma múltiplo; a doença de Paget; o granuloma eosinofílico e as lesões metastáticas de neoplasia prostática e de mama.

O tratamento com gabapentina é efetivo transitoriamente. Há também relato de caso de tratamento bem-sucedido com indometacina, no entanto, a dor de cabeça numular geralmente se torna refratária a todas as terapias profiláticas e analgésicas padrão.

Autor:

Referências bibliográficas:

Compartilhar
Publicado por
Felipe Resende Nobrega

Posts recentes

Hematoma subdural: caso clínico na emergência [podcast]

Neste episódio, o Dr. Felipe Nóbrega vai falar sobre o hematoma subdural no contexto de…

1 hora atrás

Acometimento neurológico em crianças com síndrome hemolítico-urêmica típica: dados de uma revisão retrospectiva

A síndrome hemolítico-urêmica (SHU) é um quadro grave, sendo a principal causa de insuficiência renal…

2 horas atrás

Anestesia e hipotireoidismo

O hipotireoidismo é uma das doenças endócrinas mais comuns e caracterizado pela baixa atividade da…

3 horas atrás

Cinco dicas para falar sobre fertilidade com seus pacientes

De acordo com um estudo realizado em Nova Jersey, nos EUA, apenas 25% das mulheres…

4 horas atrás

CHEST 2021: Abordagem da fístula aérea persistente em pacientes com pneumotórax

Pacientes com pneumotórax são cada vez mais comuns dentro da UTI, especialmente no contexto da…

5 horas atrás

CHEST 2021: Tratamento cirúrgico no DPOC: quando e como indicar?

A DPOC acomete milhões de pessoas em todo o mundo e é a terceira maior…

6 horas atrás