Página Principal > Patologia > O que é Patologia Clínica/Medicina Laboratorial e como é a atuação?
patologia

O que é Patologia Clínica/Medicina Laboratorial e como é a atuação?

Tempo de leitura: 2 minutos.

Pouco conhecida pela maioria dos médicos, a Patologia Clínica/Medicina Laboratorial é uma das 54 especialidades médicas reconhecidas pela Associação Médica Brasileira (AMB). A Sociedade Brasileira de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial (SBPC/ML) é uma das sociedades médicas mais antigas do Brasil, fundada em 1944.
Muito confundida pela semelhança de nomenclatura com a Patologia (Anatomia Patológica), suas áreas de atuação, habilidades e competências são muito diferentes, porém em algumas situações complementares.

Por meio de exames laboratoriais de fluidos biológicos (sangue, fezes, urina, líquor, etc.), a Patologia Clínica disponibiliza informações adicionais aos médicos assistentes. Já os patologistas (Anatomia Patológica), por meio da análise de biópsias, citopatologia, autópsias, entre outros, emitem laudos anatomopatológicos acerca das condições que alteram o funcionamento do organismo, de modo a estabelecer o diagnóstico morfológico, bem como o prognóstico das mais variadas doenças.

O patologista clínico é o médico especialista em Medicina Laboratorial, que usa de sua formação clínica e conhecimentos laboratoriais para assessorar o médico assistente sob ponto de vista da prevenção, formulação de diagnósticos diferenciais, confirmação diagnóstica, tratamento, monitorização terapêutica, seguimento e prognóstico de doenças, estando, pois, em contato permanente com médicos das mais variadas especialidades. A residência médica tem duração de três anos, o primeiro no âmbito da clínica médica e suas especialidades correlatas, com atividades desenvolvidas em enfermarias, ambulatórios e/ou unidades de emergência.

Leia maisPatologia Clínica / Medicina Laboratorial: como o médico dessa especialidade atua

Já nos dois anos seguintes, as atividades são aprofundadas nos diversos setores do Laboratório Clínico (imunologia, hematologia, microbiologia, bioquímica, dentre outros), concomitantemente com o desenvolvimento de habilidades nas áreas de administração e gerenciamento laboratorial, estatística, gestão da qualidade, informática laboratorial, automação, análise e liberação de resultados, gerenciamento das fases pré-analítica, analítica e pós-analítica, resultados críticos, etc. Atualmente, as residências médicas credenciadas pela Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM), em Patologia Clínica/Medicina Laboratorial, estão disponíveis nos quatro estados da federação (Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul), além do Distrito Federal.

O 53º Congresso Brasileiro de Patologia Clínica/Medicina Laboratorial (CBPC/ML), organizado pela SBPC/ML, será realizado esse ano na cidade do Rio de Janeiro, do dia 24/09 a 27/09/19, no Centro de Convenções SulAmérica. Nos congressos, uma grande área de exposição é dedicada aos laboratórios clínicos e às empresas nacionais e internacionais de desenvolvimento, fabricação e distribuição de equipamentos, materiais e serviços voltados ao setor. Com a mesma importância e magnitude, são oferecidos cursos, palestras, workshops e conferências das mais diversas áreas laboratoriais e especialidades médicas, realizadas simultaneamente em todos os dias do evento.

É médico e também quer ser colunista do Portal da PEBMED? Inscreva-se aqui!

Autor:

Referências:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.