Leia mais:
Leia mais:
Mais uma novidade em 2021: Produtos Farmacêuticos
Síndrome da infusão de propofol
HIV/AIDS entre crianças em meio à pandemia de Covid-19
Combate à transmissão vertical do HIV — Dia Mundial da Luta Contra a AIDS
Revisão sistemática avalia melhor tratamento da osteoartrite dos joelhos e quadris

Pacientes consideram que algumas condições são ‘piores que a morte’

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

250-BANNER6Em um estudo sobre qualidade de vida, uma pequena maioria de pacientes hospitalizados com doenças graves avaliaram algumas condições como sendo “piores que a morte”. Os resultados trazem uma nova abordagem na discussão sobre a qualidade de cuidados ao doente.

Os autores do estudo, publicado no JAMA Internal Medicine, entrevistaram 180 indivíduos, com 60 anos ou mais, hospitalizados com doenças restritivas graves. Alguns estados de saúde com grau de limitação foram apresentados aos pacientes, que então classificaram cada estado como: pior que a morte, nem melhor nem pior do que a morte, o mesmo que a morte, um pouco melhor do que a morte ou muito melhor do que a morte.

Veja também: como garantir os desejos do seu paciente – Diretrizes Antecipadas de Vontade

Incontinência urinária e fecal e dependência de ventilação mecânica foram classificados como “piores que a morte”. Dependência de um tubo de alimentação, confinamento à cama, demência e necessidade de cuidados 24 horas por dia foram classificados como “o mesmo que a morte” ou pior.

Um professor e médico americano da Johns Hopkins Bloomberg School of Public Health criticou o estudo, pois considerou a metodologia falha e as porcentagens enganosamente altas. Os autores se defenderam e disseram que os resultados não devem ser interpretados literalmente – isto é, alguém que vê uma condição como pior do que a morte não necessariamente preferiria morrer. Por exemplo, um paciente que classifica sua condição dessa forma ainda pode optar por receber cuidados, porque ele acredita que sua saúde irá melhorar.

As descobertas devem desafiar pesquisadores de medidas de qualidade centrados no paciente a considerar novas métricas, tais como a prevenção de estados piores que a morte.

500x250banner2

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique Aqui!

Referências:

  • JAMA Intern Med. Published online August 1, 2016.
  • Patients Call Some Health States ‘Worse Than Death’ in Study. Medscape. Aug 11, 2016.
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.