Gastroenterologia

Pancreatite aguda pode aumentar riscos de câncer de pâncreas

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

A pancreatite aguda é uma doença causada pela litíase biliar ou, mais comumente, pelo uso excessivo e prolongado de álcool. O tratamento, conforme a nova diretriz para atenção primária, envolve hidratação para restabelecer a perfusão, administração de antibióticos, colecistectomia ou drenagem (estes dois últimos apenas quando necessário).

Pancreatite aguda x câncer de pâncreas

De incidência frequente nos pacientes, a enfermidade pode aumentar o risco do desenvolvimento de diversas outras doenças, como por exemplo o câncer de pâncreas. Um estudo de coorte populacional e multivariado foi realizado na Suécia entre 1997 e 2013, e publicado em outubro na edição online do The American Journal of Gastroenterology, a fim de comprovar a influência da pancreatite aguda no desenvolvimento do câncer pancreático. A pesquisa contou com 49.749 pacientes diagnosticados com pancreatite aguda e 138.750 participantes sem diagnóstico para a doença.

Leia mais: Pancreatite: Ringer Lactato é superior ao soro fisiológico na hidratação

O levantamento acompanhou a evolução no quadro dos indivíduos e comparou os resultados dos dois grupos; o tempo de follow-up durou em média 5,3 anos.

Resultados

Ao final do estudo, um total de 769 casos de câncer no pâncreas foram registrados. Dos pacientes que receberam este disgnóstico, 536 (69, 7%) tinham histórico de pancreatite aguda. O risco de câncer de pâncreas foi bem mais elevado durante os primeiros cinco anos depois do diagnóstico de pancreatite aguda, porém diminuiu com o decorrer do tempo, alcançando um nível semelhante ao do grupo dos participantes sem pancreatite depois de mais de 10 anos.

Nos pacientes com pancreatite aguda não associada a cálculos biliares, o risco de desenvolver câncer foi semelhante ao presente nos indivíduos sem pancreatite somente quando não houve registro de um segundo episódio de pancreatite aguda ou quando a doença não evoluiu para pancreatite crônica. O risco de câncer de pâncreas foi maior à medida em que a incidência de episódios de pancreatite aguda foi maior.

Tenha em mãos informações objetivas e rápidas sobre práticas médicas. Baixe o Whitebook

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

Compartilhar
Publicado por
Roberto Caligari

Posts recentes

ACSCC 2021: autonomia do residente, a próxima fronteira da educação cirúrgica 

Uma das mesas redondas inaugurais do ACSCC 2021 abordou uma das temáticas centrais em educação…

42 minutos atrás

Prevalência de anafilaxia por amendoim em uma coorte: European Anaphylaxis Registry

Na faixa etária pediátrica e em adultos jovens, um alimento comumente relacionado às alergias alimentares…

2 horas atrás

É necessário realizar ultrassom obstétrico de rotina no terceiro trimestre de gestação?

Nas últimas décadas tem-se aumentado a facilidade de solicitar ultrassom obstétrico, mas o quão necessário…

4 horas atrás

Orientações da nova diretriz de manejo da ascite e complicações na cirrose

Recomendações da diretriz da Associação Americana para Estudo das Doenças do Fígado (AASLD) sobre o…

22 horas atrás

Uso de amoxicilina para o tratamento de infecções torácicas em crianças apresenta poucos efeitos

Há poucas evidências sobre a eficácia dos antibióticos prescritos infecções não complicadas do trato respiratório…

2 dias atrás

Whitebook: sangramento vaginal

Essa semana em nossa publicação semanal de conteúdos compartilhados do Whitebook Clinical Decision vamos falar…

2 dias atrás