Coronavírus

Parturientes com Covid-19 apresentam mais risco durante a internação?

Tempo de leitura: 2 min.

A Covid-19 cursa com sintomas leves na maior parte das gestantes infectadas, porém comparadas às mulheres de mesma idade, as parturientes apresentam maiores taxas de internação e necessidade de ventilação mecânica, estes desfechos têm maior risco quando a infecção ocorre no terceiro trimestre ou associada a outras comorbidades.

Estudo publicado em janeiro de 2021 no JAMA comparou características clínicas e evolução de pacientes internadas para parto com e sem Covid-19 nos Estados Unidos. Foram coletados dados de 406.446 mulheres internadas entre abril e novembro através de uma base de dados de prontuários. O diagnóstico de Covid-19 e comorbidades durante a internação foram identificados pelos códigos do CID-10.

Leia também: Vacinas contra Covid-19: gestantes e lactantes devem receber?

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas
Cadastrar Login

Resultados

Das pacientes participantes da coorte, 6.380 (1,6%) apresentavam Covid-19 durante a internação e estas eram mais jovens e tinham maior porcentagem de diabéticas e obesas em relação às não infectadas. Quanto aos desfechos, a taxa de mulheres com Covid-19 que necessitou de cuidados intensivos foi de 3,3%, sendo apenas 1,3% de ventilação mecânica, que apesar de parecer pouco mostrou um OR (odds ratio) 23,7 ao comparar com as outras mulheres. Nove pacientes com Covid-19 (0,1%) morreram na internação, analisando este dado em mortes por 100.000, a diferença é de 141 mortes entre as infectadas para 5 mortes entre as não portadoras de Covid-19. A infecção pelo Sars-Cov2 se associou também a maior risco de desenvolver eclâmpsia, síndrome HELLP, parto prematuro e de forma expressiva maior risco de infarto do miocárdio (OR:30) e tromboembolismo venoso (OR:3,43).

Mensagem prática

Ainda que a taxa de complicações em parturientes com Covid-19 seja baixa, ela não deve ser subestimada, os estudos comprovam que se trata de um grupo de risco, com maiores chances de desenvolver síndromes hipertensivas, eventos tromboembólicos, parto prematuro e necessidade de ventilação mecânica. Infelizmente as grávidas foram excluídas da maioria dos ensaios clínicos de terapias e vacinas, cuja administração deve ser discutida com o pré-natalista avaliando riscos e benefícios para cada paciente. Mas enquanto estivermos convivendo com a pandemia, as gestantes devem ser orientadas a realizarem o máximo de medidas preventivas, como estímulo ao home office, afastamento ou troca de função a depender do trabalho, uso de máscara e evitar aglomerações.

Saiba mais: Gestantes e Covid-19: últimas atualizações

Autor(a):

Referências bibliográficas:

  • Jering KS, Claggett BL, Cunningham JW, et Clinical Characteristics and Outcomes of Hospitalized Women Giving Birth With and Without Covid-19. JAMA Intern Med. Published online January 15, 2021. doi:10.1001/jamainternmed.2020.9241
Compartilhar
Publicado por
Juliana Alves Pereira Matiuck Diniz
Tags: Covid-19

Posts recentes

Dia nacional de conscientização sobre retinoblastoma: o que eu preciso saber sobre esse tumor?

Dia 18 de setembro é o Dia Nacional de Conscientização e Incentivo ao Diagnóstico Precoce…

43 segundos atrás

Whitebook: Dia Mundial da Sepse

Em nossa publicação semanal de conteúdos compartilhados do Whitebook Clinical Decision vamos fazer a apresentação…

4 horas atrás

Origens e fundamentos da MBE – Parte 1: Relação entre o tratamento precoce com antibióticos para sepse e ida à feira

Nesse artigo, vamos analisar mais detalhadamente o primeiro princípio fundamental da medicina baseada em evidências…

6 horas atrás

Infecção puerperal e sepse materna: um evento prevenível?

A sepse puerperal é cinco causas mais frequentes de morte materna no mundo, sendo responsável…

20 horas atrás

Podcast Integrado: O papel do SUS para o profissional de saúde [podcast]

Confira o podcast dos canais da PEBMED sobre o papel do SUS para o profissional…

21 horas atrás

O que pode te ajudar no tratamento do paciente séptico?

Como manejar o paciente séptico do ponto de vista hemodinâmico ao longo das próximas horas…

22 horas atrás