Leia mais:
Leia mais:
Revisão narrativa sobre delirium em pacientes graves
Check-up Semanal: sedação e bloqueadores neuromusculares, anticoagulante na obesidade e mais! [podcast]
Delirium em pacientes com Covid-19
Check-up Semanal: tocilizumabe na Covid-19, delirium na emergência e mais! [podcast]
Delirium na Emergência: um assunto que precisa ser debatido

Quais antibióticos causam delirium?

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

250-BANNER6O delirium é uma síndrome que ocorre em pacientes internados e que está correlacionado a diversos fatores ambientais, medicamentosos ou patológicos. O uso de antibióticos representa um dos principais fatores e a sua toxicidade pode ser uma causa, ainda pouco reconhecida, de delirium no ambiente hospitalar.

Pesquisadores do departamento de neurologia do Brigham and Women’s Hospital e do Massachusetts General Hospital (Harvard Medical School), detemrinaram a existência de três fenótipos da encefalopatia associada aos antibióticos (EAA).

O estudo analisou 391 casos, 1946 a 2013, de pacientes que tiveram delirium documentado ou alterações da cognição ou alteração da consciência, após o inicio de antibiótico terapia e com consequente melhora dos sintomas após o fim do tratamento. Foram excluídos pacientes que tiveram encefalopatia antes do início da medicação.

Leia o nosso post sobre Síndrome Pós-Hospitalização.

Os três fenótipos identificados de EAA:

Tipo 1 de EAA:

  • Classes de antibióticos: Penicilinas e Cefalosporinas;
  • Quadro clínico: Inicio do quadro em poucos dias após primeira dose. Mioclonia ou crise convulsiva, anormalidades do eletroencefalograma (EEG), com achados normais na ressonância magnética (RNM). Mais comum em pacientes com insuficiência renal.
  • Mecanismo: Distúrbio da transmissão sináptica inibitória.

Tipo 2 de EAA:

  • Classes de antibióticos: Penicilinas, sulfonamidas, fluoroquinolonas e macrolídeos;
  • Quadro clínico: Inicio do quadro em poucos dias após primeira dose. Principal sintoma é a psicose, em poucos casos ocorrem crises convulsivas. Raramente causa irregularidades no EEG, sem alterações na RNM, e com resolução em poucos dias.
  • Mecanismo: Semelhante a psicose induzida por droga que causam distúrbios do receptores D2 dopaminérgicos e de NDMA.

Tipo 3 de EAA:

  • Classes de antibióticos: Metronidazol;
  • Quadro clínico: Inicio do quadro em semanas primeira dose. Envolve disfunção cerebelar. Raramente ocorrem crises convulsivas e anormalidades no EEG. Ocorrem anormalidades reversíveis na RNM.

Mais estudos são necessários, para identificação de outros antibióticos associados e melhor compreensão dos aspectos desta síndrome.

Apesar de ainda desconhecida a real prevalência, este estudo é importante por auxiliar na identificação precoce de deilirium por essas medicações, sua retirada ou troca, garantido um menor período em EAA e consequentemente melhores desfechos de internação.

500x250-banner1

Referências:

Shamik Bhattacharyya et al. – Antibiotic-associated encephalopathy Neurology March 8, 2016 vol. 86 no. 10 963-971

Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Entrar | Cadastrar