Quedas em idosos [podcast]

Neste episódio, Mariana Sobreiro, geriatra e editora-médica do WB, fala sobre as causas desses eventos não intencionais: as quedas em idosos.

Este conteúdo foi desenvolvido por médicos, com objetivo de orientar médicos, estudantes de medicina e profissionais de saúde em seu dia a dia profissional. Ele não deve ser utilizado por pessoas que não estejam nestes grupos citados, bem como suas condutas servem como orientações para tomadas de decisão por escolha médica.

Para saber mais, recomendamos a leitura dos termos de uso dos nossos produtos.

As quedas em idosos é uma preocupação significativa devido aos riscos associados à saúde e à qualidade de vida. Fatores como diminuição da força muscular, alterações na visão, comprometimento do equilíbrio e doenças crônicas podem contribuir para um aumento do risco de quedas nessa população.

Neste episódio, Mariana Sobreiro, geriatra e editora-médica do Whitebook, fala sobre o tema, salientando as questões que podem favorecer, como tapetes escorregadios, falta de corrimãos e iluminação inadequada.

quedas em idosos

Fisiopatologia

O controle postural é deflagrado pelo sistema nervoso central (SNC), mediante ativação muscular coordenada, com posterior equilíbrio entre o centro de massa (anterior à segunda vértebra sacral) e a base de suporte (região dos pés).

Para se obter o controle postural, são necessários:

  • Mecanismos aferentes ou sistemas sensoriais: Visual, vestibular e proprioceptivo;
  • Mecanismos eferentes ou sistemas motores: Força dos membros superiores e inferiores, e flexibilidade articular.

Esses mecanismos são continuamente gerenciados pelo SNC e podem ser afetados em caso de deficiências intrínsecas em seu funcionamento (ex.: baixa acuidade visual) ou por eventos extrínsecos que promovam a desestabilização da postura (ex.: tropeço na calçada, quando o centro de massa se estende além da base de suporte).

Desse modo, um episódio de queda resulta de perturbação externa do equilíbrio + falência compensatória do sistema de controle postural.

Menos frequentemente, a queda pode ocorrer por interferência intrínseca nos centros posturais do SNC (ex.: evento cerebrovascular, hipotensão postural, baixo débito cardíaco) ou no sistema sensório-motor (ex.: vertigem posicional paroxística benigna ou outras causas de tontura).

Diagnóstico Diferencial

  • Doenças neurológicas:
    • Epilepsia; 
    • Doença de Parkinson; 
    • Miopatias e neuropatias periféricas;
    • Hidrocefalia de pressão normal; 
    • Demências
  • Espondilose cervical;
  • Síncope cardiogênica

Leia ainda: Osteoporose: pontos de atenção

Saiba mais sobre quedas em idosos guiada conferindo o episódio completo do podcast do Whitebook. Ouça abaixo!

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe o Whitebook Tenha o melhor suporte
na sua tomada de decisão.

Especialidades