Home / Saúde & Tecnologia / Realidade virtual vira alternativa para aliviar a dor dos pacientes

Realidade virtual vira alternativa para aliviar a dor dos pacientes

Saúde & Tecnologia
Acesse para ver o conteúdo
Esse conteúdo é exclusivo para usuários do Portal PEBMED.

Para continuar lendo, faça seu login ou inscreva-se gratuitamente.

Preencha os dados abaixo para completar seu cadastro.

Ao clicar em inscreva-se, você concorda em receber notícias e novidades da medicina por e-mail. Pensando no seu bem estar, a PEBMED se compromete a não usar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Inscreva-se ou

Seja bem vindo

Voltar para o portal

Devido à crescente epidemia de opioides, hospitais estão buscando maneiras alternativas para aliviar a dor dos pacientes. A última tendência nos Estados Unidos é o uso de aparelhos de realidade virtual.

500x120

Enquanto alguns hospitais estão se concentrando em analgésicos não-opioides e fisioterapia para alívio da dor, outros estão apostando nas novas tecnologias. De acordo com um artigo publicado na revista Bloomberg, hospitais americanos estão usando realidade virtual para ajudar os pacientes a desviar seu foco da dor.

Como funciona

Semelhante à meditação, a realidade virtual pode ser usada como uma tática para acalmar o sistema nervoso. Imergir uma pessoa no mundo virtual pode sobrecarregar os circuitos no cérebro e limitar a capacidade para processar a sensação de dor. Combinar isso a distração de um jogo, por exemplo, ajuda os pacientes a se sentirem melhor, sem a necessidade de opioides.

250-BANNER3

Mais sobre tecnologia e saúde:

– 10 tecnologias que estão salvando milhões de vidas em países subdesenvolvidos (parte 1)
– 10 tecnologias que estão salvando milhões de vidas em países subdesenvolvidos (parte 2)
– Pacientes estão cada vez mais ativos em relação à sua própria saúde
– Veja 6 especializações médicas com grande potencial no futuro

Uma análise das imagens de ressonância magnética, tiradas após o uso da realidade virtual, mostrou que os pacientes sentiram dor com menos frequência, demonstrando o impacto positivo que o recurso tem no cérebro, quando usado para alívio de dor.

Ainda é necessário entender se a realidade virtual terá o mesmo impacto em pacientes mais velhos, mas os resultados iniciais foram promissores. A realidade virtual pode ser, em breve, uma ferramenta usada nos hospitais, para ajudar os pacientes a se sentirem mais confortáveis, sem correr o risco de dependência de opiáceos.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Referências:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.