Pebmed - Notícias e Atualizações em Medicina
Cadastre-se grátis
Home / Cirurgia / Remuneração de cirurgiões auxiliares sofrerá reajuste em janeiro
Congresso Brasileiro de Cirurgia

Remuneração de cirurgiões auxiliares sofrerá reajuste em janeiro

Acesse para ver o conteúdo
Esse conteúdo é exclusivo para usuários do Portal PEBMED.

Para continuar lendo, faça seu login ou inscreva-se gratuitamente.

Preencha os dados abaixo para completar seu cadastro.

Ao clicar em inscreva-se, você concorda em receber notícias e novidades da medicina por e-mail. Pensando no seu bem estar, a PEBMED se compromete a não usar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Inscreva-se ou

Seja bem vindo

Voltar para o portal

Tempo de leitura: 2 minutos.

A Associação Médica Brasileira (AMB) e a Sociedade Brasileira de Neurocirurgiões (SNB) confirmaram o reajuste na remuneração dos cirurgiões auxiliares, que começará a valer a partir de janeiro de 2019. A alteração já constará na Classificação Brasileira Hierarquizada de Procedimentos Médicos (CBHPM), quando o documento passar no próximo mês por uma reedição e reimpressão.

Com base no salário total do cirurgião no ato cirúrgico, o primeiro cirurgião auxiliar ganhava 30%, enquanto o segundo e o terceiro cirurgiões auxiliares eram remunerados com 20%, também baseados na remuneração do cirurgião. A nova medida estipula que o primeiro auxiliar ganhe 60% do salário-base, o segundo auxiliar seja pago com 40% do valor padrão e que o terceiro auxiliar passe a receber 30%.

Leia mais: CBMI 2018: como avaliar e prever resultados em cirurgias de alto risco?

A nova remuneração foi aprovada durante a reunião do Conselho de Defesa Profissional da Associação Médica Brasileira, realizada em novembro. Na ocasião, a pauta foi posta em plenária e aprovada por maioria dos votos por 33 entidades. A mudança vai impactar todas as especialidades cirúrgicas no território nacional.

Confira a nota oficial da SBN:

“A SBN vem sugerir as seguintes modificações no artigo 5o (AUXILIARES DE CIRURGIA) das Instruções Gerais da CBHPM, bem como o acolhimento e o reconhecimento delas, pelos diversos órgãos reguladores do exercício profissional e da saúde suplementar envolvidos e pelas operadoras de planos de saúde.

Onde atualmente se lê:
5.1 A valoração dos serviços prestados pelos médicos auxiliares dos atos cirúrgicos corresponderá ao percentual de 30% da valoração do porte do ato praticado pelo cirurgião para o primeiro auxiliar, de 20% para o segundo e terceiro auxiliares e, quando o caso exigir, também para o quarto auxiliar.

Substituir por:
5.1 A valoração dos serviços prestados pelos médicos auxiliares dos atos cirúrgicos corresponderá ao percentual de 60% da valoração do porte do ato praticado pelo cirurgião para o primeiro auxiliar, de 40% para o segundo e 30% para o terceiro auxiliar e, quando o caso exigir, também para o quarto auxiliar.”

Tenha em mãos informações objetivas e rápidas sobre práticas médicas. Baixe o Whitebook

Referências:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

×

Adicione o Portal PEBMED à tela inicial do seu celular: Clique em Salvar na Home Salvar na Home e "adicionar à tela de início".

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.