Home / Cardiologia / Reposição de testosterona em homens aumenta risco de trombose venosa profunda
trombose de veia porta

Reposição de testosterona em homens aumenta risco de trombose venosa profunda

Cardiologia, Urologia
Acesse para ver o conteúdo
Esse conteúdo é exclusivo para usuários do Portal PEBMED.

Para continuar lendo, faça seu login ou inscreva-se gratuitamente.

Preencha os dados abaixo para completar seu cadastro.

Ao clicar em inscreva-se, você concorda em receber notícias e novidades da medicina por e-mail. Pensando no seu bem estar, a PEBMED se compromete a não usar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Inscreva-se ou

Seja bem vindo

Voltar para o portal

Tempo de leitura: < 1 minuto.

Um novo estudo publicado na BMJ indica que a reposição de testosterona em homens aumenta o risco de trombose venosa profunda em 63% nos primeiros seis meses de uso.

Usando registros de 370 clínicas na Europa, pesquisadores identificaram mais de 19 mil homens com tromboembolismo venoso (TEV) e 900 mil controles correspondentes por idade e fatores de risco para TEV. Entre os casos de TEV, 0,36% ocorreram durante o tratamento com testosterona e 0,11% após tratamento recente.

O uso de testosterona por menos de seis meses foi associado com um aumento de 63% no risco de TEV, em seguida, começou a declinar. Tratamento a longo prazo e recente não foram significativamente associados com TEV.

Para os pesquisadores, os achados apoiam a adição da advertência geral sobre o risco de tromboembolismo venoso, embora ressaltem que esse risco é transitório.

Na primeira década do século XXI, houve um aumento na prescrição de testosterona para homens, principalmente para disfunção sexual e/ou fadiga. Estudos têm relatado resultados contraditórios sobre a associação entre o uso de hormônio e o risco de tromboembolismo venoso. Até que se saiba mais, é importante que médicos sejam criteriosos ao prescrever essa terapia a seus pacientes.

Mudanças no tratamento de TEP e TVP: baixe GRÁTIS nosso e-book e fique por dentro!

250x250-portal

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Referências:

  • BMJ 2016;355:i5968

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.