Página Principal > Colunistas > Ressonância magnética é duas vezes mais sensível para câncer de próstata

Ressonância magnética é duas vezes mais sensível para câncer de próstata

Segundo um novo estudo publicado no The Lancet, a ressonância magnética pode ser o melhor exame para detectar um câncer de próstata, sendo duas vezes mais sensível que a biópsia. A pesquisa foi feita entre 2012 e 2015, com 740 homens que tinham suspeita de câncer; deles, 576 foram submetidos aos dois exames. Entre os resultados, 93% dos tumores agressivos foram identificados com a ressonância, contra 48% com a biópsia.

A biópsia, atual forma de identificar o câncer de próstata, é invasiva e traz efeitos colaterais, como dor e infecções, e utilizar o exame de imagem antes diminuiria 27% da quantidade de pessoas com suspeita que se submetem à análise desnecessariamente. Apesar de a ressonância ser mais sensível, a biópsia continua sendo mais específica para os tumores significativos.

Veja também: ‘Novembro Azul: qual é o melhor tratamento para o câncer de próstata?’

Em alguns casos, a análise não apresenta alta especificidade, pois o tecido é coletado aleatoriamente e pode não estar na parte onde está o câncer agressivo. Por isso, atualmente muitos homens são tratados mesmo sem saber que o tumor que possuem é insignificante, e a cirurgia causa muitos efeitos à saúde deles, que são piores do que conviver com esse tipo de tumor. Entre os 740 pacientes, 44 apresentaram efeitos diversos, sendo oito com sepse. Sendo assim, realizar os dois exames, sendo a biópsia apenas quando necessária, pode ser uma forma de evitar problemas.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

O ensaio clínico foi realizado pela University College London (UCL), no Reino Unido, onde as medidas necessárias para modificar a prática médica já estão sendo tomadas.  O National Institute for Health and Clinical Excellence (NICE) do Reino Unido já lançou uma revisão inicial do diagnóstico desse tipo de câncer, dando orientações aos médicos para que a ressonância seja realizada antes de qualquer biópsia. As máquinas estão em alta demanda na região, e os radiologistas terão treinamento especial para interpretar os exames. Já no restante do mundo, a mudança ainda pode demorar a ser feita.

Referências:

  • https://www.thelancet.com/journals/lancet/article/PIIS0140-6736(16)32401-1/fulltext
  • https://oglobo.globo.com/sociedade/saude/cancer-de-prostata-ressonancia-duas-vezes-mais-precisa-que-biopsia-diz-estudo-20803250?utm_source=Facebook&utm_medium=Social&utm_campaign=O%20Globo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.



Esse site utiliza cookies. Para saber mais sobre como usamos cookies, consulte nossa política.