Retrospectiva 2020: quais os principais aspectos do exame FAN? [infográfico]

Tempo de leitura: 1 min.

Estamos no final de 2020! Como todos os anos, não poderíamos deixar de trazer os assuntos que mais se destacaram no ano mais atípico de todos, desta vez vamos falar do exame FAN. O terceiro material da série “Retrospectiva 2020”, traz pontos importantes sobre o exame, um tema que chamou muito a atenção do nosso público este ano.

O primeiro material desenvolvido para nossa série foi sobre Covid-19, e você pode conferir aqui!

Mas, apesar de a pandemia de Covid-19 ter sido o maior foco de 2020, outros temas importantes estiveram em evidência. Um deles foi a vitamina D, que teve novos valores de referência e evidências importantes. Ele foi tema do nosso segundo material, que você pode encontrar aqui!

Exame FAN

O fator antinúcleo (FAN), ou anticorpos antinúcleo (ANA), é um exame utilizado como rasteio para presença de autoanticorpos nos casos de suspeita de doenças autoimunes.

É importante lembrar que o FAN não é um exame de triagem de doença reumatológica para a população geral. Os médicos devem ter muita atenção, porque exames positivos solicitados por queixas vagas e inespecíficas atrapalham o raciocínio clínico e deixam o paciente preocupado desnecessariamente.

O padrão do FAN – analisado por profissional experiente – nos dá dicas que ajudam na definição da importância do resultado dentro do contexto clínico.

Para que você tenha sempre este conteúdo na palma da mão, pode baixar agora mesmo nosso infográfico sobre os principais aspectos do exame.

Infográfico

Nele, você encontra:

  • O que é o exame FAN;
  • Quando devo indicar;
  • Padrão FAN;
  • Avaliando resultados.

Baixe grátis agora mesmo este material para sua prática clínica!

Relacionados