Clínica Médica

Reversão da rivaroxabana: podemos usar complexo protrombínico ou ác. tranexâmico?

Tempo de leitura: [rt_reading_time] minutos.

A rivaroxabana é amplamente utilizada, mas ainda não existe reversão específica para inibidores do fator Xa. Este cenário fatalmente nos causa um grande incômodo. Embora o concentrado de complexo de fator-IV-protrombina (IVF-PCC) e o ácido tranexâmico (TXA) sejam às vezes usados para gerenciar sangramentos graves, sua eficácia é desconhecida.

Estudos prévios em indivíduos saudáveis ​​usando rivaroxabana revelaram que o IVF-PCC reverte parcialmente o tempo prolongado de protrombina (PT) e restaura completamente o potencial de trombina endógeno (ETP). O efeito de TXA não foi avaliado.

MÉTODOS

Neste estudo duplo-cego, em grupo paralelo, 147 voluntários saudáveis ​​receberam rivaroxabana 20 mg duas vezes ao dia durante três dias e foram randomizados após a dose de manhã no 4º dia para receber IVF-PCC por via intravenosa (50 UI / kg), TXA (1,0 g) ou solução salina. As biópsias por punção padronizadas foram realizadas no início e após administração de IVF-PCC, TXA ou salina. A reversão foi avaliada pela medição da duração do sangramento e volume de sangramento em locais de biópsia, e determinando o PT e ETP.

Acesse mais de 900 modelos de prescrição para uma rotina médica mais prática. Baixe aqui o Whitebook.

RESULTADOS

Em comparação com a solução salina, IVF-PCC reverteu parcialmente o PT e reverteu completamente o ETP, enquanto o TXA não teve efeito. Nem IVF-PCC nem TXA reduziram a duração ou o volume de sangramento. Todos os tratamentos foram bem tolerados sem eventos adversos registrados.

CONCLUSÕES

Embora o IVF-PCC tenha reduzido o PT e aumentado o ETP em voluntários submetidos a doses supraterapêuticas de rivaroxabana, nem IVF-PCC nem TXA influenciaram o sangramento da biópsia por punção. Portanto, embora o IVF-PCC tenha o potencial de reverter os efeitos farmacodinâmicos da rivaroxabana, não há garantia de que os efeitos observados em parâmetros da coagulação se traduzam em efeitos sobre sangramento clínico e desfechos.

Infelizmente, seguimos sem muitas opções confiáveis para a reversão da rivaroxabana. Nossa equipe estará sempre atenta às novidades sobre o assunto para compartilhar com vocês!

É médico e também quer ser colunista da PEBMED? Clique aqui e inscreva-se!

Autora:

Referências:

  • Levy JH et al. Rivaroxaban reversal with prothrombin complex concentrate or tranexamic acid in healthy volunteers. J Thromb Haemost 2018 Jan; 16:54 || http://dx.doi.org/10.1111/jth.13894
Compartilhar
Publicado por
Dayanna de Oliveira Quintanilha

Posts recentes

Transtorno do pânico: qual a diferença do ataque de pânico?

Neste episódio, a Dra. Paula Hartmann vai falar sobre transtorno do pânico. Entenda os fatores…

11 horas atrás

Xantelasma: Diagnóstico e tratamento

O xantelasma é uma placa de gordura, amarelada que ocorre mais comumente no canto interno da pálpebra.…

11 horas atrás

Síndrome do piriforme: o que é e qual o seu tratamento?

A síndrome do piriforme é uma condição decorrente da compressão do nervo ciático pelo músculo…

12 horas atrás

Urina de 24 horas: como orientar a coleta?

Embora a coleta/conservação de urina seja simples, ela costuma gerar muitas dúvidas nos pacientes e até…

13 horas atrás

Enfermeiros dos EUA são mais propensos a ter pensamentos suicidas do que outros trabalhadores da área de saúde

Os pesquisadores descobriram que o Burnout estava fortemente associado à pensamentos suicidas entre os enfermeiros.…

15 horas atrás

Assistência manual intermitente da respiração versus pressão suporte durante o processo de extubação

Não só a intubação orotraqueal mas o processo da extubação é um dos maiores desafios…

16 horas atrás