Reumatologia

Rizartrose: Quais os resultados de hemitrapezectomia artroscópica e suspensoplastia com Mini TightRope?

Tempo de leitura: 2 min.

A rizartrose é uma condição comum e afeta principalmente mulheres na pós-menopausa. Apesar de radiologicamente haver acometimento em mais de 90% dos pacientes acima de 80 anos, mais de 70% dos casos são assintomáticos e não requerem tratamento. Quando sintomáticos, há dor na base do polegar, deformidade e redução na força de pinça e grip.

A cirurgia é indicada em pacientes com dor incapacitante e sem resposta ao tratamento conservador, que é primeira linha de tratamento. Apesar de serem conhecidas múltiplas técnicas cirúrgicas para os estágios II e III de Eaton-Littler, não há consenso sobre um método ser considerado superior. A assistência artroscópica nesses casos tem ganhado importância nos últimos anos.

Leia também: Qual o perfil epidemiológico de pacientes submetidos à artroplastia total de joelho?

Estudo

Foi publicado na última semana na Revista Iberoamericana de Cirurgia de La Mano (RICMA) um estudo avaliando os resultados clínicos e radiológicos em pacientes com rizartrose graus II ou III de Eaton-Littler submetidos a hemitrapezectomia artroscópica e suspensoplastia com Mini TightRope (Arthrex, Naples, FL, US). O estudo foi retrospectivo e observou 12 pacientes (3 homens e 9 mulheres)  operados entre janeiro de 2017 e dezembro de 2019 em uma clínica de Santiago, no Chile.

Foram excluídos pacientes com menos de seis meses de follow-up, história de cirurgia na mão ipsilateral e artrose da articulação escafo-trapezio-trapezoide (STT). Foram realizadas avaliações pré-operatórias e com seis meses de pós-operatório com a escala visual analógica de dor (EVA), questionário DASH (Disabilities of the Arm, Shoulder and Hand) e escore de Kapandji.

A média de idade foi de 56 anos e o seguimento médio foi de 21 meses, havendo sete pacientes no estágio 2 e cinco no estágio 3 de Eaton-Littler. No intra-operatório, seis pacientes foram classificados como estágio II e seis como estágio III na classificação de Badia. De acordo com o índice de Kapandji, a média pré-operatória foi de 3,6 e a média pós-operatória foi de 9. A média pré-operatória na EVA foi de 8,8 e a média pós-operatória foi de 1,2. A pontuação média do DASH no pré-operatório foi de 33,3 e no pós-operatório de 4,7. Todas as diferenças foram estatisticamente significativas com p < 0,001. 

Na prática

A técnica artroscópica para tratamento da rizartrose com hemitrapezectomia e suspensoplastia é minimamente invasiva e os resultados do estudo demonstraram ótimos resultados quanto a dor e funcionalidade à médio prazo (entre seis e 36 meses).

Na prática, é necessário treinamento em artroscopia para realização da técnica, que gera pouco dano local e menor cicatriz ao paciente. Não foi relatado durante o follow-up do trabalho, mas o material utilizado para suspensoplastia pode gerar incômodo em alguns pacientes e necessidade de retirada após seis meses.

Compartilhar
Publicado por
Giovanni Vilardo Cerqueira Guedes

Posts recentes

Gestão do tempo, um diferencial para o médico

Aprenda a organizar seu tempo de maneira mais eficiente. Participe de evento no próximo sábado,…

6 horas atrás

Como identificar o AVC isquêmico na tomografia computadorizada? [vídeo]

Na emergência é crucial identificar em qual fase do AVC o paciente se encontra, a…

7 horas atrás

Malária: estratégias de diagnóstico precoce e tratamento

A malária é um grande problema de saúde pública. Neste post, iremos revisar os principais…

8 horas atrás

Salbutamol traz benefícios para tratamento de crianças com asma aguda grave?

Estudo não encontrou benefício na adição de uma dose de ataque de salbutamol à infusão…

10 horas atrás

Endometriose confirmada por laparoscopia e o risco de acidente vascular cerebral

A endometriose é uma doença inflamatória com uma prevalência de 10% das mulheres na menacme.…

11 horas atrás

Langya henipavirus: estudo alerta surgimento de novo vírus na China

Um estudo anunciou a detecção de um novo tipo de henipavírus filogeneticamente distinto, o Langya…

14 horas atrás