Ginecologia e Obstetrícia

Saúde bucal na gravidez pode prevenir trabalho de parto prematuro?

Tempo de leitura: 2 min.

As mudanças hormonais proporcionadas pela gravidez ao organismo materno facilitam quadros de infecções odontológicas. Mulheres durante a gravidez têm de 60 a 75% mais chances de desenvolver gengivite que mulheres fora da gravidez.

A infecção da cavidade oral tem repercussões sistêmicas uma vez que a gengiva inflamada como fonte de bactérias permite disseminação pela corrente sanguínea podendo alcançar a barreira placentária e acometer o feto restringindo seu ganho de peso e acelerando o processo de trabalho de parto também.

Dados recentes mostraram que mais de 20 milhões de crianças ao redor do mundo (15,5% de todos os nascimentos) nascem com baixo peso e, desses, quase 11% são também prematuros.

Saúde bucal materna e prematuridade

Publicação recente do Journal of Oral Health and Preventive Dentistry mostrou um primeiro estudo do tipo de revisão sistemática com metanálises onde se viu que o tratamento para gengivite e periodontite durante a gestação podem ser muito benéficos para prevenção de baixo peso ao nascimento e também prevenção de partos prematuros.

Nesse estudo, a periodontite (uma infecção potencialmente severa e irreversível da gengiva) e a gengivite (processo mais simples , tratável e até prevenível da gengiva) quando adequadamente tratadas mostraram redução de 50% dos partos prematuros e ganhos de até 100g nos pesos de nascimento de fetos de baixo peso esperado ao nascimento.

Leia também: AAP 2021: avaliação de sepse tardia e terapia empírica em prematuros extremos

O tratamento da gengivite é simples e barato. A prevenção pode ser realizada com visitas programadas ao dentista semestralmente.

No mês da prematuridade, novembro, uma notícia animadora.

Referências bibliográficas:

  • Bi WG, Emami E, Luo ZC, Santamaria C, Wei SQ. Effect of periodontal treatment in pregnancy on perinatal outcomes: a systematic review and meta-analysis. J Matern Fetal Neonatal Med. 2021 Oct;34(19):3259-3268. doi: 10.1080/14767058.2019.1678142. Epub 2019 Oct 21. PMID: 31630597.
Compartilhar
Publicado por
João Marcelo Martins Coluna

Posts recentes

Drogas vasoativas: 10 dicas para uso no paciente grave com hipotensão

Hipotensão é uma das condições mais comuns no paciente grave, além de estar associada a…

34 minutos atrás

Interrupção do uso de antidepressivo: como diferenciar recaída ou recorrência de síndrome de retirada?

É essencial diferenciar a síndrome de retirada da recaída ou recorrência já que a sintomatologia…

2 horas atrás

Tratamento de vaginose bacteriana: qual a eficácia do gel de fosfato de clindamicina 2%?

Um estudo teve o objetivo de avaliar a eficácia do gel de clindamicina vaginal comparado…

3 horas atrás

“Covid Zero”: políticas mais rigorosas de controle da pandemia pioram a saúde mental da população?

Estudo comparou o grau de restrição das políticas de enfrentamento à covid com escores de…

4 horas atrás

Suplementação de cálcio e estenose aórtica

Estudo mostrou que a suplementação de cálcio está ligada à queda da qualidade da função…

6 horas atrás

Cirurgias de catarata caem 38% em um ano, aponta DataSus

Levantamento aponta que o número de cirurgias para correção da catarata realizadas pelo SUS caiu…

7 horas atrás