Shunt endovascular para hidrocefalia

A hidrocefalia comunicante é resultado de um desequilíbrio entre a produção e reabsorção do líquido cefalorraquidiano (LCR).

A hidrocefalia comunicante é resultado de um desequilíbrio entre a produção e reabsorção do líquido cefalorraquidiano (LCR), levando ao aumento pressão intracraniana e dilatação ventricular. 

O tratamento padrão atual da hidrocefalia é a cirurgia de derivação ventriculoperitoneal (VP). Apesar de bem estabelecido, o shunt VP permaneceu praticamente inalterado, exceto para algumas evoluções, como por exemplo, as válvulas ajustáveis ​​externamente. Outro detalhe sobre a evolução deste dispositivo é que a introdução de tubos impregnados com antibióticos não eliminou o risco de infecção cirúrgica e altas taxas de falha, estimado entre 21% e 42% no primeiro ano após a inserção (Alguns estudos citam que as primeiras derivações falham dentro de dois anos a uma taxa de mais de 40%).

As deficiências deste tipo de shunt serviram como estímulo a buscar uma abordagem alternativa, menos invasiva para pacientes com hidrocefalia comunicante, como um microimplante, que pudesse funcionar como as granulações aracnoideas e dessa forma transportar passivamente o LCR do espaço subaracnóideo para os seios venosos, permitindo seu fluxo de uma cisterna cerebral para uma veia de drenagem adjacente. 

Esse novo dispositivo ​​endovascular minimamente invasivo para o shunt foi desenvolvido, inserido através de uma abordagem transvenosa percutânea retrógrada da femoral à veia jugular.

hidrocefalia

Sistema eShunt

O Sistema eShunt é uma miniatura de 3 cm de comprimento valvulado, projetado para implantação transdural no seio petroso inferior para estabelecer uma via do LCR a partir da cisterna pontocerebelar replicando a função das granulações aracnóideas. 

Neuromimagem pré e intraoperatória são feitas para simular virtualmente a trajetória do transdutor e selecionar o local de implantação. 

O eShunt é protegido proximalmente por uma cobertura de nitinol permitindo ajuste de profundidade até a liberação final pelo operador. A válvula de pressão do implante reside dentro da veia jugular interna e regula o fluxo do LCR de uma maneira impulsionada por pressão proporcional ao gradiente de pressão positiva entre PIC e pressão arterial venosa. O gradiente de pressão entre a PIC e a pressão venosa é estimada em 3-5 mm Hg em pacientes saudáveis ​​e aumenta significativamente em pacientes com hidrocefalia. A válvula impede o refluxo do sangue para a cisterna durante certas condições fisiológicas transitórias (por exemplo, tosse, esforço, espirros), que podem causar efeitos transitórios (<2s) picos de pressão arterial venosa, embora a pesquisa indique acoplamento dinâmico entre PIC e pressão venosa local com um gradiente de pressão positiva transdural favorável constante.  O implante é projetado para drenar 10mL / h em um gradiente de pressão de ≤8 mm Hg.

Quiz: Paciente 9 anos com sinais de disfunção do shunt. O que será?

A hidrocefalia comunicante ocorre em 6–67% de pacientes com hemorragia subaracnóide aneurismática, exigindo inicialmente a inserção de uma derivação ventricular externa (DVE) no corno frontal não dominante para drenar LCR simultâneo e medir a pressão intracraniana (PIC).  Em 1-3 semanas de tratamento 9-36% dos pacientes com hemorragia subaracnoide aneurismática são incapazes de retirar a DVE, tornando-se dependente do shunt e exigindo cirurgia de derivação VP, frequentemente realizada por meio do hemisfério dominante contralateral. 

Estes pacientes podem se beneficiar do shunt endovascular, com a capacidade concomitante de avaliar a função através da DVE existente antes de sua remoção.  

Vamos aguardar as avaliações de segurança, eficácia, pontos positivos, pontos negativos.

Referências bibliográficas:

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe o Whitebook Tenha o melhor suporte
na sua tomada de decisão.

Especialidades