Síndrome de Sjögren: novas diretrizes de tratamento para manifestações reumatológicas

As Diretrizes foram desenvolvidas pela Sjögren’s Syndrome Foundation em resposta às solicitações dos pacientes e pedidos de orientações de médicos.

O Portal PEBMED é destinado para médicos e demais profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar esse conteúdo crie um perfil gratuito no AgendarConsulta.

Queremos saber a sua opinião! Gostou de ouvir essa notícia em áudio? Clique aqui e responda nossa pesquisa.

A síndrome de Sjögren é muitas vezes negligenciada e sub-reconhecida apesar de ser altamente prevalente. É uma doença autoimune que afeta aproximadamente 3,1 milhões de americanos, sendo caracterizada por infiltrado linfocitário que afeta o epitélio das glândulas exócrinas, principalmente salivar e lacrimal, e leva a uma diminuição da produção de lágrima e saliva.

A doença apresenta evolução lenta e progressiva, e provoca redução da qualidade de vida e aumento dos custos em saúde.

Entre todos os transtornos reumáticos crônicos autoimunes, Sjögren continua sendo um dos mais difíceis de tratar. Ainda não existe uma cura definitiva, mas seu diagnóstico e intervenções precoces podem melhorar o prognóstico. O tipo de tratamento vai depender dos sintomas e da sua gravidade.

As Diretrizes de Prática Clínica foram desenvolvidas pela Sjögren’s Syndrome Foundation (SSF) em resposta às solicitações dos pacientes e pedidos de orientações de médicos.

As principais recomendações de terapia biológica para sicca e manifestações sistêmicas de Sjögren são:

  • Inibidores de TNF-α não devem ser utilizados para tratar sintomas de sicca em pacientes com Sjögren primário;
  • Rituximabe pode ser considerado como opção terapêutica para a síndrome do olho seco (ceratoconjuntivite sicca) em pacientes com Sjögren primário e para os quais as terapêuticas convencionais não foram suficientes;
  • Rituximabe pode ser considerado como opção terapêutica para a xerostomia em pacientes com Sjögren primário com alguma evidência de produção salivar residual, evidência significativa de dano oral, e para aqueles que as terapias convencionais não foram suficientes;
  • Rituximabe pode ser considerado como opção terapêutica para adultos com Sjögren primário e qualquer ou todas as seguintes manifestações sistêmicas: vasculite, com ou sem crioglobulinemia, inchaço da parótida grave, artrite inflamatória, doença pulmonar e neuropatia periférica; Especialmente mononeurite múltipla.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

Algumas recomendações para o tratamento da fadiga em Sjögren incluem:

  • Instruções sobre medidas de autocuidado devem incluir conselhos sobre exercício para reduzir a fadiga em Sjögren;
  • Hidroxicloroquina pode ser considerada em situações selecionadas para tratar a fadiga em Sjögren;
  • Dehidroepiandrosterona (DHEA) não é recomendada para o tratamento da fadiga em Sjögren;
  • Etanercepte e infliximabe não são recomendados para o tratamento da fadiga em Sjögren;

Destaca-se também algumas recomendações para o uso de DMARDS para dor inflamatória musculoesquelética. Essas recomendações são apresentadas como uma árvore de decisão:

  • O tratamento de primeira linha para dor inflamatória musculoesquelética em Sjögren primário deve ser hidroxicloroquina;
  • Se a hidroxicloroquina não for eficaz no tratamento da dor inflamatória musculoesquelética em Sjögren primário, o metotrexato pode ser considerado;
  • Se a hidroxicloroquina ou o metotrexato sozinhos não forem eficazes no tratamento da dor inflamatória musculoesquelética em Sjögren primário, hidroxicloroquina mais metotrexato pode ser considerado;
  • Se a hidroxicloroquina mais metotrexato não forem eficazes o tratamento da dor inflamatória musculoesquelética em Sjögren primário, corticosteroides em curto prazo (1 mês ou menos) podem ser considerados;
  • Se hidroxicloroquina e/ou metotrexato ou corticosteroides em curto prazo não forem eficazes no tratamento da dor inflamatória musculoesquelética em Sjögren primário, leflunomida pode ser considerada;
  • Se hidroxicloroquina e/ou metotrexato ou corticosteroides em curto prazo ou leflunomida não forem eficazes no tratamento da dor inflamatória musculoesquelética em Sjögren primário, sulfasalazina pode ser considerada;
  • Se hidroxicloroquina e/ou metotrexato ou corticosteroides em curto prazo ou leflunomida ou sulfasalazina não forem eficazes no tratamento da dor inflamatória musculoesquelética em Sjögren primário, azatioprina pode ser considerada;
  • Se nenhum dos medicamentos acima mencionados forem eficazes no tratamento da dor inflamatória musculoesquelética em Sjögren primário, a ciclosporina pode ser considerada.

Referência:

  • Steven E. Carsons, MD1 Frederick B. Vivino, MD 2 Ann Parke, MD3 Nancy Carteron, MD 4 Vidya Sankar, DMD 5 Richard Brasington, MD6 Michael T. Brennan, DDS7 William Ehlers, MD2 Robert Fox, MD8 Hal Scofield, MD 9 Katherine M. Hammitt, MA10 Julius Birnbaum, MD M. Treatment Guidelines for Rheumatologic Manifestations of Sjögren’s Syndrome: Use of Biologic Agents, Management of Fatigue, and Inflammatory Musculoskeletal Pain. Arthritis Care Res (Hoboken). 2017 Apr;69(4):517-527. doi: 10.1002/acr.22968. Epub 2017 Mar 3.
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastre-se grátis Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe e-books, e outros materiais para aprimorar sua prática médica e gestão Baixe e-books, e outros materiais
para aprimorar sua prática
médica e gestão

Especialidades