Leia mais:
Leia mais:
No Reino Unido, há mais açúcar em alimentos para bebês nos últimos sete anos  
Ministério da Saúde anuncia acordo para redução de açúcar nos produtos
Sucralose em alimentos quentes pode ser nociva à saúde, aponta pesquisa
Existe uma quantidade segura para consumo do açúcar?
Ingestão de bebidas açucaradas aumenta o risco de LADA?

Sucralose em alimentos quentes pode ser nociva à saúde, aponta pesquisa

Sua avaliação é fundamental para que a gente continue melhorando o Portal Pebmed

Quer acessar esse e outros conteúdos na íntegra?

Cadastrar Grátis

Faça seu login ou cadastre-se gratuitamente para ter acesso ilimitado a todos os artigos, casos clínicos e ferramentas do Portal PEBMED

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

O primeiro estudo detalhado voltado para a reação térmica da sucralose alerta para os riscos do uso do adoçante em alimentos e sobremesas quentes. Realizada por pesquisadores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em São Paulo, a pesquisa indica que, quando aquecida, a sucralose libera componentes potencialmente cancerígenos.

500x120-rosa

O professor da Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF) da Unicamp, Rodrigo Catharino, que coordena o Laboratório Innovare de Biomarcadores da universidade, junto dos pesquisadores Diogo Noin de Oliveira e Maico Menezes, concluiu que a sucralose se torna quimicamente instável quando é aquecida, liberando hidrocarbonetos policíclicos aromáticos clorados (HPACs), que são tóxicos e cumulativos no organismo humano e estão associados à incidência de diversos tipos de cânceres.

Isso acontece porque, quando o adoçante é produzido, alguns átomos de oxigênio do açúcar comum são substituídos pelo cloro. Além de fazer com que a sucralose tenha um poder maior de adoçar, esses átomos de cloro aumentam também a reatividade, tornando-a instável em temperaturas mais altas. Vale ressaltar, porém, que quando usada em temperatura ambiente, o adoçante não confere riscos ao organismo.

Veja mais ‘Dia Mundial do Diabetes: tudo que você precisa saber sobre os últimos estudos publicados’

As amostras foram submetidas a aquecimento em banho-maria com o objetivo de avaliar um amplo espectro de compostos perigosos formados na degradação do produto. A temperatura foi próxima a 98 graus célsius, que está perto da temperatura de cafés e chás, por exemplo. Apesar de não determinar a quantidade de tóxicos liberada e o impacto direto no organismo humano, o estudo aponta novos dados na área de toxicologia de alimentos, sugerindo efeitos nocivos à saúde de milhares de pessoas.

A sucralose é o adoçante mais consumido no mundo, principalmente por pessoas diabéticas e/ou que têm que fazer dietas especiais. É uma substância derivada do nosso açúcar de mesa, a sacarose, utilizada em substituição aos adoçantes artificiais e liberada pelos principais órgãos de segurança alimentar, como a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), no Brasil, e o Joint Expert Committee on Food Additivies (JECFA), da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO). A literatura recente, porém, tem aumentado a conscientização sobre o fato de que sua estrutura tem potencial para gerar compostos tóxicos a temperaturas altas, e a pesquisa traz contribui com informações importantes para um estudo mais aprofundado.

O estudo foi financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e os resultados foram publicados em um artigo científico no periódico online pertencente ao grupo Nature. A pesquisa também gerou a publicação no periódico online, de acesso livre, Scientific Reports.

As melhores condutas médicas você encontra no Whitebook. Baixe o aplicativo #1 dos médicos brasileiros. Clique aqui!

250-BANNER3

Referências:

  • https://www.unicamp.br/unicamp/ju/651/pesquisa-alerta-para-adicao-de-sucralose-em-alimentos-quentes
  • https://www.nature.com/articles/srep09598
Cadastre-se ou faça login para acessar esse e outros conteúdos na íntegra
Cadastrar Fazer login
Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED: Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:
7 dias grátis com o Whitebook Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.
Acesso gratuito ao Nursebook Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.
Acesso gratuito Fórum Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.
Acesso ilimitado Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos e revisados por especialistas
Teste seus conhecimentos Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida
Conteúdos personalizados Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados por especialidades

O Portal PEBMED é destinado para médicos e profissionais de saúde. Nossos conteúdos informam panoramas recentes da medicina.

Caso tenha interesse em divulgar seu currículo na internet, se conectar com pacientes e aumentar seus diferenciais, crie um perfil gratuito no AgendarConsulta, o site parceiro da PEBMED.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Entrar | Cadastrar