Tag: infarto agudo do miocárdio

Quais são as causas de infarto agudo do miocárdio na gestação?

Segundo estudos recentes, a gestação por si só eleva em três vezes o risco de IAM quando comparado com não gestantes pareadas por idade. Mas quais são as causas?

Troponina ultrassensível ajuda a prever risco de isquemia miocárdica?

Estudos recentes associaram o baixo nível de troponina ultrassensível como marcador da isquemia, mesmo em pacientes com doença arterial coronariana estável. Confira o resultado da pesquisa.

Risco de infarto agudo do miocárdio é maior em clima frio

O infarto agudo do miocárdio é uma das doenças cardiovasculares mais comuns. De acordo com o Ministério da Saúde, o IAM atinge 300 mil pessoas anualmente.

Um olhar em meio ao caos: reflexão sobre a profissão do médico

Há algo que, mesmo quando estamos afogados no caos, nos impulsiona a continuar estudando e buscando o nosso melhor como médico. Leia mais na crônica.

ESC 2018: você já conhece a nova definição universal de infarto?

A 4ª definição universal do infarto do miocárdio foi publicada recentemente pela Sociedade Europeia de Cardiologia. Veja todas as novidades sobre o tema.

Hipotermia como terapia adjuvante no infarto agudo do miocárdio [ABRAMEDE 2018]

A palestra “Hipotermia no infarto agudo do miocárdio: uma realidade?” da ABRAMEDE 2018 trouxe o pesquisador Sergio Timerman, membro do grupo da FMUSP.

Nova estratégia permite excluir IAM com apenas 1 hora da chegada na emergência

Paciente com dor precordial deve ser avaliado na emergência para determinar se a causa é uma SCA e se há uma condição de alto risco para morte, como o IAM.

IAM com supraST: diretriz indica melhor abordagem

Nós preparamos para vocês um vídeo com as principais mudanças no plano terapêutico e abordagem a pacientes com IAM com supraST.

Veja como identificar doença isquêmica e infarto no Whitebook

Um homem de 50 anos é atendido na emergência com dor precordial, em aperto, iniciada em repouso há cerca de uma hora, acompanhada de dispneia.

Infarto: risco de morte é maior em adultos jovens que usam maconha ou cocaína

Um novo estudo avaliou a prevalência do uso de cocaína e maconha em adultos que tiveram o primeiro infarto do miocárdio com menos de 50 anos e sua associação com desfechos em longo prazo.