Tag: infarto agudo do miocárdio

Haloperidol x antipsicóticos atípicos e risco de morte em pacientes com IAM

Foi publicado esse mês um estudo no The BMJ, que tem como objetivo esclarecer este questionamento nos pacientes com infarto agudo do miocárdio (IAM).

Sintomas do IAM podem ser atípicos em pacientes jovens

Informações sobre a apresentação e percepção dos sintomas e comportamento na procura de atendimento são limitadas para pacientes jovens com infarto agudo do miocárdio (IAM).

O vírus da influenza agora também causa infarto?

Estudo do New England Journal of Medicine veio para endossar a hipótese de que a influenza pode desencadear eventos cardiovasculares agudos.

Você sabia que pode salvar muitas vidas com a detecção precoce de angina instável na emergência?

Sabia que a maioria dos casos de IAM é precedida por alguma manifestação sub-valorizada de angina instável nos dias anteriores ao IAM?

Um ano após IAM, prasugrel e ticagrelor apresentam a mesma eficácia

Pesquisadores analisaram os desfechos do tratamento com prasugrel versus ticagrelor um ano após infarto agudo do miocárdio (IAM).

Herpes Zoster aumenta risco de AVC e IAM

Pacientes com herpes zoster têm mais risco de sofrer AVC e IAM, especialmente no primeiro ano após a infecção e em idades mais jovens, segundo artigo publicado no JACC.

As várias faces do infarto: não as subestime!

Já sabemos que tempo é miocárdio: quanto mais o tratamento demorar para ser iniciado, maior a morbidade e a mortalidade da sindrome coronariana aguda.

Baixa aderência a estatinas após hospitalização por IAM: como mudar este quadro?

Um dos principais problemas no seguimento de pacientes que apresentaram um episódio de infarto agudo do miocárdio (IAM) é a continuação do uso de estatinas em altas doses.

AINEs e infarto agudo do miocárdio: o que dizem as evidências

Estudo realizou uma revisão de pacientes para caracterizar os determinantes, o período e os riscos do infarto agudo do miocárdio associado ao uso de AINEs.

Gravidez e infarto: uma relação preocupante?

Havia uma época em que mulheres gestantes chegavam em setores de emergência com dor torácica e eram investigadas para quase tudo.