Página Principal > Neurologia > TCE está associado a um aumento do risco de suicídio?
traumatismo

TCE está associado a um aumento do risco de suicídio?

Tempo de leitura: 2 minutos.

O traumatismo crânioencefálico (TCE) pode ter sérias consequências a longo prazo, incluindo transtornos psiquiátricos e até demência. Em artigo recente do Journal of the American Medical Association (JAMA), publicado em agosto, pesquisadores investigaram a relação entre TCE e o risco de suicídio.

Para esse estudo dinamarquês de coorte retrospectivo foram utilizados os dados do registro nacional com 7.418.391 indivíduos (≥ 10 anos) residentes na Dinamarca (1980-2014), com follow-up de 164.265.624 pessoas-anos; 567.823 (7,6%) sofreram um TCE. O desfecho primário foi o suicídio.

LEIA MAIS: Suicídio entre médicos está crescendo. Precisamos falar sobre isso

TCE e risco de suicídio

No total, 34.529 indivíduos morreram por suicídio (idade média de 52 anos; 32,7% mulheres); destes, 3.536 (10,2%) tiveram contato com um médico: 2.701 com TCE leve, 174 com fratura craniana sem TCE documentado e 661 com TCE grave.

A taxa absoluta de suicídio foi de 41 por 100.000 pessoas-anos (IC 95%: 39,2 a 41,9) entre aqueles com TCE vs 20 por 100.000 pessoas-anos (IC 95%: 19,7 a 20,1) entre aqueles sem diagnóstico de TCE. A taxa de incidência ajustada (incidence rate ratio, IRR) foi de 1,90 (IC 95%: 1,83 a 1,97).

Em comparação com aqueles sem traumatismo, o TCE grave foi associado a uma IRR de 2,38 (IC 95%: 2,20 a 2,58), o TCE leve a uma IRR de 1,81 (IC 95%: 1,74 a 1,88) e a fratura craniana sem TCE documentado a uma IRR de 2,01 (IC 95%: 1,73 a 2,34).

O risco de suicídio foi associado ao número de contatos médicos por TCE (P < .001):

  • 1 contato por TCE: taxa absoluta de 34,3 por 100.000 pessoas-anos (IC 95%: 33,0 a 35,7; IRR: 1,75 [1,68 a 1,83]);
  • 2 contatos por TCE: taxa absoluta de 59,8 por 100.000 pessoas-anos (IC 95%: 55,1 a 64,6; IRR: 2,31 [2,13 a 2,51];
  • 3 ou mais contatos por TCE: taxa absoluta de 90,6 por 100000 pessoas-anos (IC 95%: 82,3 a 98,9; IRR: 2,59 [2,35 a 2,85]).

O risco de suicídio é maior nos primeiros seis meses, com uma IRR de 3,67 (IC 95%: 3,33 a 4,04); após sete anos, a IRR foi de 1,76 (IC 95%: 1,67 a 1,86).

LEIA MAIS: Escala de Coma de Glasgow – o que mudou e pode revolucionar a avaliação de TCE

*Esse artigo foi revisado pela equipe médica da PEBMED

Referências:

  • Madsen T, Erlangsen A, Orlovska S, Mofaddy R, Nordentoft M, Benros ME. Association Between Traumatic Brain Injury and Risk of Suicide. JAMA. 2018;320(6):580–588. doi:10.1001/jama.2018.10211

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.