Blog do Whitebook

Qual é a importância da tecnologia para a prescrição de medicamentos?

Tempo de leitura: 3 min.

O uso da tecnologia para a prescrição de medicamentos é fundamental para reduzir erros médicos, aumentar a segurança dos pacientes e trazer mais respaldo jurídico para os profissionais.

O termo “tecnologia em saúde” pode ser definido como equipamentos, softwares médicos, materiais, programas e protocolos assistenciais que ajudam a promover qualidade de vida para médicos e pacientes.

Essas tecnologias são imprescindíveis em momentos como a prescrição de medicamentos.

O estudo divulgado no Seminário de Tecnologias Aplicadas em Educação e Saúde afirma que até 27% de todos os erros de prescrição podem ser relacionados a históricos incompletos.

“Segundo a OMS, “erros de medicação causam pelo menos uma morte todos os dias e ferem aproximadamente 1,3 milhão de pessoas anualmente nos Estados Unidos da América”. A partir do exposto, fica clara a necessidade da utilização de tecnologias em saúde para aprimorar o sistema de medicação e auxiliar na prevenção dos erros de medicação.”

Continue a leitura e descubra quais ferramentas podem melhorar ainda mais sua prática médica!

3 tecnologias importantes para a prescrição de medicamentos

O estudo citado no início do conteúdo mostra que mesmo quando os profissionais de saúde são extremamente experientes, ainda é possível cometer falhas no momento da prescrição.

“É comum que os erros de medicação estejam associados a alguma falha na atuação do profissional de saúde, que pode ser por falta de atenção e/ou comunicação, desvio de rotina, descumprimento de normas, etc. Sendo assim, o fator que se destaca como uma das principais causas dos erros é o humano.”

Algumas tecnologias conseguem evitar completamente esse tipo de situação. Veja a seguir como elas fazem isso na prática!

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas
Cadastrar Login

1. Prescrição eletrônica

A prescrição eletrônica é a versão digital da receita tradicional de medicamentos, feita no papel.

Por meio dessa tecnologia é possível padronizar todos os itens necessários para uma prescrição segura, além de garantir legibilidade e ausência de rasuras.

Entre suas principais vantagens, podemos citar:

  • Envio de qualquer lugar para pacientes por meio de SMS, e-mail ou WhatsApp;
  • Banco de medicamentos atualizado com nomes, faixa de preços e posologias;
  • Alerta de interação medicamentosa;
  • Armazenamento seguro dos dados, principalmente quando a prescrição se encontra em um software médico de qualidade;
  • Histórico completo de todos os medicamentos prescritos para o paciente.

Ou seja, erros como letras ilegíveis, nomes de medicamentos desatualizados, mal-entendidos por parte dos pacientes ou perda do documento, são completamente evitados.

Um estudo realizado em um hospital universitário na Espanha observou que, após a implementação do registro eletrônico na administração de medicamentos, houve uma redução de erros de 48% para 37%.

Dê uma olhada neste trecho adaptado da pesquisa:

“Uma das estratégias de prevenção dos erros de medicação é a utilização da prescrição eletrônica, pois o uso dessa ferramenta reduz erros de legibilidade e facilita a comunicação entre as equipes.”

2. Whitebook

O Whitebook é o aplicativo médico mais baixado do Brasil, e conta com mais de 9.200 conteúdos produzidos por médicos e para médicos, divididos em assuntos, como:

  • Condutas;
  • Medicamentos;
  • Prescrições;
  • Calculadoras;
  • Atlas de imagens, e muito mais!

Mais de 500 conteúdos por mês são produzidos e atualizados pelos especialistas da PEBMED, o que auxilia os profissionais de saúde a tomarem decisões clínicas com mais segurança e assertividade.

Esse aplicativo pode ser de grande ajuda em momentos como a prescrição de medicamentos.

Todo médico sabe que a área farmacêutica traz atualizações a todo momento, e é impossível estar completamente atualizado sobre essas novidades sem a ajuda da tecnologia.

Portanto, se você quer economizar tempo, ter conteúdos com bibliografia revisados, bulário completo com posologias e tomar a decisão mais atualizada para seu paciente, considere baixar o Whitebook.

3. Assinatura digital

A assinatura digital permite que você assine documentos como prontuário eletrônico, prescrição de medicamentos e solicitação de exames pela internet.

Para conseguir assinar digitalmente seus documentos, primeiro, é necessário obter um certificado digital. Ele é uma identidade virtual para pessoas físicas e jurídicas, também conhecido como RG eletrônico.

Com essa tecnologia, suas assinaturas digitais possuem a mesma validade jurídica que documentos assinados à mão em cartório.

Dessa forma, é possível prescrever medicamentos para os pacientes a distância, enviar a receita assinada digitalmente por mensagem, e eles não precisam ir até seu consultório apenas para pegar a prescrição.

Essa praticidade é essencial em momentos como perda da receita original. Geralmente, os pacientes precisam gastar recursos com locomoção e estacionamento para voltar ao consultório.

Com a assinatura digital e a prescrição eletrônica, você consegue enviar a receita com total segurança pela internet.

Além disso, um certificado digital garante que ninguém falsificará sua assinatura, além de contar com tecnologias como criptografia e sistema anti-fraude.

O ideal é que essas tecnologias estejam integradas a um prontuário eletrônico dentro de um software médico que atenda todas as suas necessidades.

Assim, você consegue centralizar todas as ferramentas que precisa em um único lugar.

O que achou das 3 tecnologias para a prescrição de medicamentos? Já usa alguma no seu dia a dia? Compartilhe sua experiência aqui embaixo nos comentários!

Compartilhar
Publicado por
Felipe Lourenço

Posts recentes

Delirium em pacientes com Covid-19

Artigo abordou o delirium na Covid-19, chamando a atenção dos profissionais de saúde para um…

47 minutos atrás

A felicidade nas empresas: Chief Happiness Officer (CHO), uma nova possibilidade profissional

Felicidade não é só uma questão pessoal. Pessoas felizes adoecem menos e desenvolvem maior resiliência…

2 horas atrás

Manejo das infecções virais durante a gestação

Infecções virais durante a gestação são muito comuns e podem levar a aumento da morbimortalidade…

18 horas atrás

Anestesia no Paciente Chocado: confira os conteúdos atualizados em Anestesiologia

O app nº 1 do Brasil conta mais de 100 conteúdos publicados esta semana. Atenção…

18 horas atrás

Diagnóstico e manejo da encefalopatia de Hashimoto

A encefalopatia de Hashimoto é caracterizada por início subagudo de confusão com alteração do nível…

19 horas atrás

Varíola dos macacos: Estados Unidos tem primeiro caso identificado em quase duas décadas

Especialistas alertam que a varíola dos macacos trata-se de uma doença tropical rara e grave,…

20 horas atrás