Tuberculose ativa – métodos diagnósticos atuais [podcast]

Neste episódio, Isabel Melo aborda os mais atuais métodos diagnósticos de tuberculose ativa incorporados no sistema de saúde brasileiro.

A tuberculose é uma das doenças infecciosas mais prevalentes na população mundial, constituindo-se um importante problema de saúde pública. No Brasil, são notificados por volta de 70 mil casos novos e de 4.500 mortes por ano em decorrência da tuberculose.

Apesar da alta prevalência, o diagnóstico pode ainda muitas vezes ser difícil, especialmente em populações especiais, como crianças e indivíduos com alguma forma de imunossupressão. Novas tecnologias foram recentemente incorporadas como forma de auxiliar o diagnóstico dessa condição.

Neste episódio, Isabel Melo, infectologista e conteudista do Portal, aborda os métodos diagnósticos de tuberculose ativa, com ênfase nos mais atuais e mais recentemente incorporados no sistema de saúde brasileiro. A especialista discute também quais métodos permitem diferenciar tuberculose ativa de tuberculose latente.

Ouça agora!

Para mais conteúdos como esse, acompanhe nosso canal no Spotify!

Tópicos abordados no episódio:

  • Sinais e sintomas
  • Métodos diagnósticos clássicos
  • Teste rápido molecular
  • Teste point-of-care urinário

Veja também: Diagnóstico e manejo da acromegalia

Siga também a PEBMED no Instagram, Facebook, Twitter e no YouTube

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo

Selecione o motivo:
Errado
Incompleto
Desatualizado
Confuso
Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Baixe o Whitebook Tenha o melhor suporte
na sua tomada de decisão.
Referências bibliográficas: Ícone de seta para baixo
  • Brasil. Ministério da Saúde. CONITEC. Relatório de recomendação. Teste de fluxo lateral para detecção de Lipoarabinomanano em urina (LF-LAM) para rastreamento e diagnóstico de tuberculose ativa em pessoas suspeitas vivendo com HIV/AIDS. Brasília, 2020. Disponível em: https://www.gov.br/conitec/pt-
    br/midias/consultas/relatorios/2020/20201203_relatorio_de_recomendacao_lf_lam_tbhiv_cp_65.pdf
  • Brasil. Ministério da Saúde. Manual de Recomendações para o Controle da Tuberculose no Brasil. edição atualizada. Brasília, 2019. Disponível em:  https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/manual_ recomendacoes_controle_tuberculose_brasil_2_ed.pdf.
  • Singh P, Saket VK, Kachhi R. Diagnosis of TB: From conventional to modern molecular protocols. Front 3 Biosci (Elite Ed). 2019 Jan 1;11(1):38-60. DOI: 10.2741/E845.
  • Ryu YJ. Diagnosis of pulmonary tuberculosis: recent advances and diagnostic algorithms. Tuberc Respir Dis (Seoul). 2015 Apr;78(2):64-71. DOI: 10.4046/trd.2015.78.2.64. Epub 2015 Apr 2.