Pediatria

Tuberculose: qual é a sua relevância para a pediatria?

Tempo de leitura: 4 min.

Em 24 de março de 1882, o Dr. Robert Koch anunciou que havia descoberto a bactéria causadora da tuberculose (TB), o que abriu caminho para o diagnóstico e a cura dessa doença. O Dia Mundial da Tuberculose é celebrado anualmente nessa data, com o objetivo de aumentar a conscientização pública sobre as consequências devastadoras da TB para a saúde, economia e para a sociedade, intensificando os esforços contra a epidemia global da doença.

Tome as melhores decisões clinicas, atualize-se. Cadastre-se e acesse gratuitamente conteúdo de medicina escrito e revisado por especialistas
Cadastrar Login

Os números da tuberculose

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) mostram que a tuberculose é uma das dez principais causas de morte em todo o mundo e a principal causa de morte por um único agente infeccioso. Dos 7,1 milhões de pessoas com novo episódio de tuberculose diagnosticadas e notificadas em 2019, 58% eram homens, 34% eram mulheres e 8% eram crianças. No mundo todo, cerca de meio milhão de crianças foram diagnosticadas e notificadas em 2018 e 2019.

No Brasil, de acordo com dados do Ministério da Saúde/DATASUS, do total de 95.498 novos casos de tuberculose diagnosticados no ano de 2019, 8.005 (8,3%) acometeram crianças e adolescentes, com menos de 19 anos de idade.

De acordo com o relatório anual de 2020 da OMS, a estimativa da carga da tuberculose em crianças permanece particularmente desafiadora, devido à qualidade inconsistente dos dados de notificação em pediatria, principalmente em países com elevada prevalência da doença. Os casos entre crianças são frequentemente notificados com base em critérios diagnósticos e investigações inconsistentes para a tuberculose infantil, levando a casos de supernotificação. Outros casos podem ser diagnosticados em hospitais pediátricos e não notificados às autoridades de saúde pública, levando à subnotificação. Por fim, outros casos podem não ser diagnosticados.

Leia também: Estudo busca opções de tratamento de menor duração contra tuberculose

Ainda de acordo com a OMS, a escassez de dados de pesquisas de base populacional em todo um país resulta em grande incerteza quando a incidência de tuberculose é desagregada por faixa etária. Isso limita consideravelmente sua utilidade para atividades relacionadas ao planejamento e avaliação de programas de prevenção. Para a OMS, maior prioridade deve ser dada à qualidade dos dados de notificação de tuberculose infantil, bem como à consistência das definições de caso e cobertura da notificação

Atualmente, três categorias principais de intervenções de saúde estão disponíveis para a prevenção da TB:

  • Tratamento preventivo de TB;
  • prevenção da transmissão de Mycobacterium tuberculosis através de prevenção e controle de infecções; 
  • vacinação de crianças com a vacina do bacilo CalmetteGuérin (BCG)2

Imunização para crianças

A vacina BCG continua sendo a única vacina licenciada contra tuberculose; ele fornece proteção moderada contra formas graves (meningite tuberculosa e TB miliar) em bebês e crianças pequenas. A OMS recomenda que, em países com alta carga de TB, uma única dose da vacina BCG seja fornecida a todos os bebês assim que possível após o nascimento, como parte dos programas de imunização infantil. Em países com baixas taxas de incidência de TB, o fornecimento da vacina BCG pode ser limitado a neonatos e bebês em grupos de alto risco reconhecidos ou a crianças mais velhas com teste cutâneo negativo para infecção por TB2. No Brasil, a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm) esclarece que a vacina é indicada de rotina a partir do nascimento até antes de a criança completar cinco anos de idade.

Baixe agora: Dia Mundial de Combate à Tuberculose [ebook]

Tuberculose e Covid-19 em pediatria

Um ano após o início da pandemia de Covid-19, a Stop TB Partnership compartilhou, em 18 de março de 2021, novos dados que mostram que nove dos países com a maioria dos casos de TB (Bangladesh, Índia, Indonésia, Mianmar, Paquistão, Filipinas, África do Sul, Tajiquistão e Ucrânia, representando 60% do fardo global da doença) viram um drástico declínio no diagnóstico e tratamento de infecções por TB em 2020, variando de 16 a 41% (com uma média de 23%). A queda trouxe o número total de pessoas diagnosticadas e tratadas para TB nesses países para os níveis de 2008, um retrocesso de 12 anos

O tema do Dia Mundial da Tuberculose de 2021 foi ‘The Clock is Ticking’ que, em português, significa “o tempo está passando” e transmite a sensação de que o mundo está ficando sem tempo para cumprir os compromissos de erradicar a TB feitos por líderes globais. Isso é especialmente crítico no contexto da pandemia de Covid-19, que colocou o progresso dos esforços para o controle da tuberculose em risco

Em uma reportagem publicada no site da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), a presidente do Departamento Científico de Pneumologia, dra. Maria de Fátima Bazhuni Pombo Sant’Anna, corroborou a recomendação pela busca por diagnóstico, acompanhamento e tratamento da TB na população pediátrica. Para ela, é crucial que o entendimento de que os casos de tuberculose não estacionaram devido a Covid-19 e que, nos primeiros meses da pandemia, houve uma redução brusca na procura por postos de saúde e, consequentemente, nos diagnósticos. 

Autor:

Referências bibliográficas:

 

 

 

 

Compartilhar
Publicado por
Roberta Esteves Vieira de Castro

Posts recentes

Blog do Nurse: live “O suicídio como um problema de saúde pública”!

Na próxima segunda-feira (27/09), às 20h, o Nursebook convida Cleudo Menezes e Rafael Polakiewicz para…

9 horas atrás

Podcast Integrado: prevenção ao Suicídio: como detectar fatores de risco? [podcast]

Confira o podcast dos canais da PEBMED sobre fatores de risco na prevenção ao suicídio.…

9 horas atrás

Como diferenciar doenças inflamatórias desmielinizantes em crianças por exames de imagem?

“Crianças não são adultos em miniatura”. Devemos nos lembrar disso na avaliação das doenças desmielinizantes…

10 horas atrás

Qual é o melhor tratamento para fraturas do terço distal do rádio a longo prazo em idosos?

Um estudo avaliou qual é o melhor tratamento a longo prazo para fraturas instáveis do…

11 horas atrás

Prorrogadas as inscrições para o edital voltado aos preceptores em programas de residência

A prorrogação Capacitação em Gestão de Programas de Residências em Saúde foi publicada na edição…

13 horas atrás

Avanços no tratamento da fibrose cística

A fibrose cística é uma doença monogênica autossômica recessiva causada por mutações no gene CFTR,…

14 horas atrás