Página Principal > Dermatologia > Urticária: adição de prednisona à terapia anti-histamínica acelera resolução?
pilulas de medicamentos

Urticária: adição de prednisona à terapia anti-histamínica acelera resolução?

Gostou de ouvir essa notícia em áudio? Clique aqui e responda nossa pesquisa.

A urticária é uma irritação cutânea caracterizada por lesões avermelhadas que aparecem na pele e coçam muito. Aparecem em surtos, podendo surgir em qualquer período do dia ou da noite, durando horas e desaparecendo sem deixar marcas na pele. É uma causa relativamente comum de consulta e representa 7% a 35% das condições dermatológicas nos departamentos de emergência.

O tratamento da urticária pode ser realizado por mecanismos não farmacológicos e intervenções medicamentosas, sendo considerado eficaz quando o paciente fica completamente livre dos sinais e sintomas da doença. O papel dos corticosteroides na urticária não é bem estabelecido até o momento.

Recentemente, um ensaio clínico randomizado duplo-cego foi publicado no Annals of Emergency Medicine para responder a seguinte pergunta: a adição de prednisona à terapia anti-histamínica acelera a resolução de coceira na urticária simples? O estudo avaliou a eficácia de prednisona adicionado ao anti-histamínico em um período de quatro dias para o manejo da urticária aguda.

O desfecho primário foi o alívio da coceira em 2 dias após a visita ao departamento de emergência, avaliado em uma escala numérica de 0 a 10. Resolução precipitada, recidivas e eventos adversos também foram analisados.

Foram incluídos pacientes com idade ≥ 18 anos e urticária aguda com duração não superior a 24 horas. Pacientes com anafilaxia ou que receberam anti-histamínicos ou glicocorticoides durante os 5 dias anteriores ao início do estudo não foram incluídos.

Veja também: ‘Corticosteroides: poucos dias de uso já podem aumentar risco de sepse?’

Além da levocetirizina (5 mg por via oral durante 5 dias), os pacientes foram submetidos a receber prednisona (40 mg por via oral por 4 dias) ou placebo. No total, foram incluídos 100 pacientes, 50 em cada grupo. Sete pacientes do grupo prednisona e 8 no grupo placebo mostraram adesão insuficiente e descontinuaram o tratamento, principalmente porque não apresentaram melhora. As medianas das pontuações de coceira no início do estudo foram 7 (intervalo interquartil: 5 a 8) tanto para o grupo placebo quanto para o grupo prednisona.

Ambos os tratamentos se mostraram eficazes, com cessação dos sintomas em 2 dias na maioria dos pacientes. No seguimento de 2 dias, 62% dos pacientes do grupo prednisona apresentaram pontuação de coceira de 0 versus 76% do grupo placebo (diferença; 14%; intervalo de confiança [IC] de 95%: -31% a 4%).

Quinze pacientes (30%) no grupo prednisona e 12 pacientes (24%) no grupo placebo relataram uma ou mais recidivas. A maioria dessas recidivas (89%) ocorreu durante os primeiros 5 dias do protocolo.

Os eventos adversos leves foram relatados em 12% e 14% dos pacientes no grupo prednisona e placebo, respectivamente. Os mais comuns foram fadiga, sedação, insônia e dispepsia. Nenhum evento adverso sério foi relatado.

Com base nos resultados do estudo, conclui-se que a adição de um corticosteroide à terapia anti-histamínica para urticária parece desnecessária, não melhorando a resposta sintomática e clínica do paciente. A erupção cutânea foi resolvida na maioria dos pacientes no grupo prednisona e no grupo placebo após 2 dias de tratamento.

Mais condutas no manejo da urticária você encontra no Whitebook. Clique aqui e baixe grátis!

Autora:

Referência:

  • Barniol C, Dehours E, Mallet J, Houze-Cerfon C-H, Lauque D, Charpentier S. Levocetirizine and Prednisone Are Not Superior to Levocetirizine Alone for the Treatment of Acute Urticaria: A Randomized Double-Blind Clinical Trial. Ann Emerg Med. 2017 May 2. pii: S0196-0644(17)30264-0. doi: 10.1016/j.annemergmed.2017.03.006.

Um comentário

  1. Juselda de Lima

    Estou sofrendo demais há 8 meses com crises de urticária e nada resolve. Melhora um pouco com prednisona, mas não posso ficar tomando direto. Meus exames imunológicos deram negativos. O que pode ser?